Início Valaris firma contrato de perfuração offshore de poços no Brasil com a Equinor e utilizará navio-sonda DS-17 no Projeto Bacalhau

Valaris firma contrato de perfuração offshore de poços no Brasil com a Equinor e utilizará navio-sonda DS-17 no Projeto Bacalhau

7 de julho de 2022 às 09:36
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Com previsão de início para o ano de 2023, a Valaris utilizará um navio-sonda DS-17 na região do Projeto Bacalhau para realizar a perfuração offshore de poços no território nacional, após contrato firmado com a empresa de petróleo e gás Equinor.
Foto: Equinor

Com previsão de início para o ano de 2023, a Valaris utilizará um navio-sonda DS-17 na região do Projeto Bacalhau para realizar a perfuração offshore de poços no território nacional, após contrato firmado com a empresa de petróleo e gás Equinor.

O empreiteiro de perfuração Valaris deu mais um passo em busca do crescimento no mercado brasileiro e, para essa terça-feira, (06/07), está com um novo contrato firmado com a petroleira Equinor no país. Dessa forma, a empresa utilizará o navio-sonda DS-17para realizar operações de perfuração offshore nas áreas do Projeto Bacalhau, localizado na Bacia de Santos, ao longo dos próximos anos.

Equinor concede à Valaris contrato de perfuração offshore nas áreas do Projeto Bacalhau por um total de 540 dias para exploração de petróleo e gás natural 

A empresa norueguesa de petróleo e gás natural Equinor firmou mais uma parceria significativa para o mercado de combustíveis no território nacional, dessa vez com a empreiteira de perfuração Valaris. Dessa forma, a Valaris utilizará o seu navio-sonda DS-17 nos 540 dias seguintes após o início do projeto, que está previsto para o ano de 2023, e realizará uma série de operações de perfuração offshore nas áreas do Projeto Bacalhau, atualmente administrado pela petroleira. 

Artigos recomendados

Assim, com o acordo firmado com a Equinor e as demais participantes do Projeto Bacalhau, a Valaris utilizará o navio-sonda Valaris DS-17 para perfurar um poço de avaliação, conectar um antigo poço de exploração e conduzir escopo de perfuração adicional no Brasil.

Dessa forma, o contrato da empreiteira não fica limitado apenas à transação com a Equinor, uma vez que as empresas que participam do projeto também estão envolvidas no acordo. São elas a Equinor 40% (operador), ExxonMobil 40%, Petrogal Brasil 20% e Pré-sal Petróleo S.A, que não atua como investidor, mas sim como gerente de partilha de produção. 

E, após a finalização do acordo para a perfuração dos poços, o executivo Geir Tungesvik, vice-presidente executivo de Projetos, Perfuração e Compras da Equinor, comentou sobre a importância do Brasil no cenário de óleo e gás e disse: “O Brasil é uma das áreas principais da Equinor, e Bacalhau é um dos nossos principais projetos internacionais. Estamos ansiosos para trabalhar com um dos maiores empreiteiros de plataformas do mundo e temos grandes expectativas para suas entregas em segurança e eficiência.”

Valor de transação no acordo entre as companhias para a utilização do navio-sonda DS-17 na perfuração de poços é de US$ 327 milhões

Além de anunciar o fechamento do acordo com a empreiteira de perfuração, a Equinor divulgou os valores totais da transação, que giram em torno de US% 327 milhões. Dessa forma, haverá um pagamento inicial de aproximadamente US$ 86 milhões para custos de mobilização, além de uma contribuição para custos de reativação e atualizações de capital.

O valor restante do montante será referente as custos de operação e serviços adicionais necessários nos processos de perfuração. 

Entre os principais serviços adicionais utilizados pelas operações com o navio-sonda DS-17 estão a perfuração sob pressão gerenciada (MPD), veículo de operação remota (ROV), operação de revestimento, tratamento de slop e manuseio de cascalhos.

Assim, a Equinor afirmou que a utilização das operações de perfuração no Projeto Bacalhau permitirão que a empresa e seus parceiros possam expandir a exploração dos recursos na Bacia de Santos e a chegada do Valaris D-17 reforça o compromisso da empresa com a qualidade operacional. 

Conheça mais sobre a Equinor

A companhia Equinor é atualmente a maior operadora da Noruega no ramo de petróleo e gás e uma das maiores operadoras offshore do mundo, além de contar com cerca de 20.000 pessoas desenvolvendo petróleo, gás, energia eólica e solar em mais de 30 países inteiro, com foco agora na expansão do mercado de óleo e gás após o acordo com  a Valaris.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes