Usina termelétrica no Mato Grosso do Sul será reativada e ajudará no fornecimento de energia diante de crise hídrica

Usina – termelétrica – Mato Grosso do Sul UTE William Arjona/ Fonte: Assessoria do Grupo Delta

Depois de quatro anos paralisada, a usina termelétrica em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, retomará operações

A usina termelétrica William Arjona, situada no estado do Mato Grosso do Sul, poderá voltar às operações ainda em junho deste ano. A usina termelétrica, localizada no Distrito Imbirussu, foi assumida pelo Grupo Delta Energia. O empreendimento permaneceu 4 anos parado sem qualquer tipo de operação e, hoje, ajudará o país diante de uma crise hídrica. Veja ainda: Multinacional de energia elétrica EDF, que tem usina termelétrica em Macaé, mira o mercado de gás natural e vai injetar 200 milhões de reais no estado do Rio de Janeiro

Reativação da usina termelétrica William Arjona, no Mato Grosso do Sul

No mês de maio, empresários e diretores do Grupo Delta Energia se reuniram com a Agepen (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) para informar que estão em negociações com a Petrobras, operadoras TBG e distribuidoras MSGás, para dar andamento à resolução de todos os procedimentos operacionais necessários na usina termelétrica.

Também estão em andamento as negociações com a Energisa Mato Grosso do Sul e o Operador Nacional do Sistema (ONS), sobre a energia elétrica gerada pela usina termelétrica e como ela será disponibilizada. Os executivos da Agepan estão buscando informações regulatórias, pois são clientes dos insumos e fornecimento de gás natural, que é realizado pela MSGás, monitorado pela própria Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos.

Investimentos a serem realizados na termelétrica

Ricardo Lisboa, sócio fundador da Delta Energia, diz que acreditaram no Mato Grosso do Sul, visando favorecimento de investimento privado, optando por investir na usina termelétrica. Ricardo diz que a meta da empresa é realizar a ativação da usina termelétrica em junho deste ano e ainda reforçou que este aporte na usina foi o primeiro empreendimento do Grupo em geração.

O diretor-presidente da Agepan, Carlos Alberto de Assis, diz que a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos espera promover um equilíbrio entre a relação do consumidor e provedores de serviço, além do auxílio no desenvolvimento. Com relação às questões regulatórias, se são suficientes e necessárias, a agência se esforçará para alcançá-las.

Sobre a UTE: A Delta Geração adquiriu a termelétrica William Arjona da Engie, anunciando a intenção de retomar a operação da usina termelétrica no segundo semestre de 2020. No final de 2017, a Engie solicitou a revogação da autorização da usina termelétrica alegando perda de viabilidade econômica.

A usina termelétrica está localizada em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e pode ser operada por gás natural ou diesel. O modo de operação da usina termelétrica William Arjona exige que ela seja classificado como consumidor independente e não obrigatório de gás natural, pois a usina não gera energia de forma permanente. Na ocasião, os equipamentos serão acionados pontualmente de acordo com as necessidades do sistema elétrico e a viabilidade do custo de geração de energia de todo o sistema nacional.

Veja ainda: Diante de crise hídrica no Brasil, Governo permite acionamento de usinas termelétricas sem contrato

O governo publicou uma medida que autoriza, em caráter excepcional e temporário, condições regulatórias diferenciadas para permitir o acionamento de usinas termelétricas sem contrato por um período de até seis meses, que ainda poderá ser prorrogado. A iniciativa, divulgada pelo MME no Diário Oficial da União, vem em meio à seca histórica que tem pressionado o nível dos reservatórios das hidrelétricas, principal fonte de geração no país, e levantado preocupações sobre a oferta de energia.

A autorização, que já havia sido sinalizada diante das condições das usinas hidrelétricas, mas que teria foco apenas nas unidades a gás, foi oficializada pelo Governo, de maneira que o suporte do setor térmico à crise hídrica fique mais amplo, convocando usinas termelétricas de outras fontes e mais caras.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos