1. Início
  2. / Automotivo
  3. / Toyota apresenta motores de combustão inovadores, compactos e eficientes. Alternativa sustentável com melhor eficiência térmica e novos combustíveis
Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 0 comentários

Toyota apresenta motores de combustão inovadores, compactos e eficientes. Alternativa sustentável com melhor eficiência térmica e novos combustíveis

Escrito por Noel Budeguer
Publicado em 10/06/2024 às 18:53
Motor - Toyota - Combustíveis - combustível - hidrogênio
Toyota apresenta motores de combustão inovadores, compactos e eficientes. Alternativa sustentável com melhor eficiência térmica e novos combustíveis

Descubra como a Toyota está salvando o motor de combustão com novas tecnologias de combustível. Eficiência, sustentabilidade e inovação marcam os novos motores da Toyota

Há três anos, a Toyota apresentou um desenvolvimento singular: um carro baseado em um motor de combustão de hidrogênio. Segundo eles, esse projeto oferecia uma alternativa neutra em carbono aos carros elétricos graças à emissão praticamente nula de dióxido de carbono.

O problema é que a tecnologia não estava totalmente refinada, e fazer com que funcionasse adequadamente era complexo. O hidrogênio queima mais rápido que a gasolina e gera mais calor, então alcançar o equilíbrio perfeito implicava, entre outras coisas, controlar de forma extremamente precisa o calor gerado pelo motor e a injeção de combustível.

O trabalho nesse projeto parece estar indo muito bem, porque os responsáveis da Toyota revelaram um novo tipo de motores de combustão de baixas emissões. O CTO da empresa, Hiroki Nakajima, revelou alguns detalhes em uma conferência em Tóquio no último dia 28 de maio.

Os motores desenvolvidos pela Toyota são entre 10% e 20% menores que os motores convencionais. Mesmo assim, são capazes de oferecer uma eficiência de combustível tão boa ou melhor que os atuais. Podem utilizar combustíveis especiais neutros em carbono, como combustíveis sintéticos, biodiesel ou hidrogênio, mas também podem usar gasolina. Fonte: Toyota

Um Novo Marco no Desenvolvimento de Motores

Segundo relatos da Automotive News, a experiência anterior no desenvolvimento de carros baseados no hidrogênio como combustível foi crucial para alcançar este novo marco. De fato, a longo prazo, o objetivo é que o combustível do futuro desses carros seja também o hidrogênio.

Os motores desenvolvidos pela Toyota são entre 10% e 20% menores que os motores convencionais. Mesmo assim, são capazes de oferecer uma eficiência de combustível tão boa ou melhor que os atuais. Podem utilizar combustíveis especiais neutros em carbono, como combustíveis sintéticos, biodiesel ou hidrogênio, mas também podem usar gasolina.

O tamanho compacto contribui para apresentá-los como parceiros de sistemas híbridos com motores elétricos como companheiros de viagem. Nakajima é especialmente otimista com o projeto: “Esta poderia ser uma solução revolucionária. O novo motor tem uma enorme margem de manobra”.

Eficiência e Sustentabilidade

Os responsáveis da Toyota não deram detalhes específicos em muitas áreas, mas destacam que a eficiência térmica desses motores é muito melhor que a de suas alternativas baseadas em gasolina.

Espera-se que esses motores cheguem ao mercado aproveitando a necessidade de cumprir com a normativa Euro 7, que entrará em vigor em 2027. Segundo Nakajima, “os motores serão completamente diferentes dos motores convencionais de hoje”.

Concorrência e Colaborações

Competidores como Hyundai ou Kia já estão trabalhando também em um motor desse tipo, mas, além disso, na coletiva de imprensa em que a Toyota participou, foram anunciados esforços conjuntos de Subaru e Mazda na mesma direção.

A Toyota quis demonstrar as possibilidades dessa tecnologia no circuito de Fuji Speedway em um teste de resistência de 24 horas. Akio Toyoda, presidente da empresa fundada por seu avô, conduziu a última versão do GR Corolla modificado, que estava baseado neste novo motor.

Entre as melhorias do novo modelo estavam uma nova bomba de hidrogênio líquido, além de um tanque de hidrogênio de maior tamanho para aumentar a autonomia em 50%.

Desafios e Confiança no Futuro

O carro, no entanto, sofreu problemas significativos no sistema de freios ABS e também na pressão do combustível, o que manteve o GR Corolla parado durante nove das 24 horas do teste.

Ainda assim, a Toyota confia plenamente nessa tecnologia, e pode ser que ela realmente venha a se tornar uma alternativa futura aos motores de combustão que pareciam condenados por grande parte dos fabricantes. Alguns deles, inclusive, já recuaram e não planejam mais estratégias tão focadas no carro elétrico.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Noel Budeguer

De nacionalidade argentina, sou redator de notícias e especialista na área. Abordo temas como ciência, petróleo, gás, tecnologia, indústria automotiva, energias renováveis e todas as tendências no mercado de trabalho.

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x