MENU
Menu
Início SUV híbrido da GWM trava em modo piloto automático e percorre 500 km

SUV híbrido da GWM trava em modo piloto automático e percorre 500 km

14 de dezembro de 2022 às 23:59
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Foto: GWM

SUV híbrido da GWM sofre pane em seu sistema no modo de piloto automático, percorrendo mais de 500 km e recusando comandos do motorista.

Atualmente, a China possui o maior mercado do mundo quando se trata de carros elétricos. Além das últimas novidades do mundo dos EVs, o país também costuma encher as manchetes de notícias com casos bizarros. Recentemente, surgiu uma notícia que envolve o modelo 2018 do SUV híbrido Haval H6. Após um erro no piloto automático, o motorista do veículo da GWM foi obrigado a rodar por cerca de 500 km sem conseguir parar o carro.

Errata: A GWM informou ao CPG que o veículo em questão é um H6 2018, da primeira geração, completamente diferente do que será vendido no Brasil, que é um H6 de terceira geração, produzido inclusive sobre outra plataforma, a recém-lançada LMN.

Artigos recomendados

As investigações preliminares indicam que o sistema de freios do H6 de primeira geração tem um funcionamento mecânico, que se sobrepõe a qualquer recurso eletrônico, o que permitiria a frenagem sempre que o pedal de freio fosse acionado pelo motorista.

Piloto automático esgota tanque de gasolina e ninguém sai ferido

PRESO POR 500 KM! Haval H6 “trava” no piloto automático e motorista roda mais 500 km “preso”

O motorista, identificado como Lou, chegou a alegar que os freios do SUV híbrido também pararam de funcionar, entretanto esta informação já foi desmentida pela mídia chinesa. Em resumo, o utilitário rodou a mais de 100 km/h sem parar. O caso foi divulgado pelo AutoHome. No momento do incidente, o motorista percorria um trajeto de aproximadamente 200 km. No meio do trajeto, Lou notou que não estava conseguindo reduzir a velocidade do veículo da GWM.

O motorista afirma que teve que conter o desespero para procurar ajuda das autoridades. A polícia chegou a entrar em contato com especialistas da Haval, que não conseguiram resolver o problema remotamente. A medida foi viabilizar viaturas para escoltar o SUV, evitando futuros acidentes com outros carros. No fim do dia, Luo rodou 300 km além dos 200 planejados e só parou por pane seca, isto é, quando o tanque de gasolina se esgotou.

Modelo da GWM busca desbancar Toyota e Jeep

A Great Wall Motors trouxe oficialmente ao Brasil seu SUV híbrido plug-in Haval H6 PHEV. E o plano da montadora, desconhecida pelos brasileiros, é ousado, pois quer entrar em conflito com as gigantes Jeep, Volkswagen e Toyota.

Nada de brigar com as chinesas BYD e Caoa Chery. A Volkswagen não possui SUVs híbridos, desta forma o foco da GWM é tirar clientes do Taos. Já a Jeep e a Toyota possuem eletrificados, como o Corolla Cross, RAV4 e Compass 4xe. Pelo menos o Haval H6 traz bons atributos, como uma boa autonomia só com o motor elétrico, baixo consumo de combustível e espaço interno tamanho família.

Tesla é culpada por 70% dos acidentes com piloto automático

Novas polêmicas envolvendo o Autopilot da Tesla voltaram a aparecer nos EUA. De acordo com um relatório da Administração Nacional de Segurança no Tráfego Rodoviário, principal órgão regulador de trânsito do país, os modelos da marca causaram 70% dos acidentes de trânsito envolvendo o piloto automático nos EUA. 

A pesquisa envolveu carros com direção autônoma de nível 2 e analisou 394 acidentes entre os meses de junho do último ano a maio de 2022. Do número total de acidentes, 270 envolveram modelos da Tesla com piloto automático ativado.

Segundo um dos diretores da NHTSA, doutor Steven Cliff, novas tecnologias de veículos podem ajudar a prevenir colisões, salvar vidas e reduzir a gravidade de acidentes, e o departamento está interessado em gerar tecnologias que façam isso comprovadamente.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR