1. Início
  2. / Ciência e Tecnologia
  3. / Starlink, empresa de Elon Musk, oferece desconto de 50% após repercussão contra Alexandre de Moraes
Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 2 comentários

Starlink, empresa de Elon Musk, oferece desconto de 50% após repercussão contra Alexandre de Moraes

Escrito por Valdemar Medeiros
Publicado em 10/04/2024 às 17:39
Starlink, empresa de Elon Musk, oferece desconto de 50% após repercussão contra Alexandre de Moraes
Foto: CANVA

A Starlink, empresa de internet por satélite do bilionário Elon Musk, que também é dono de empresas como Tesla e X (antigo Twitter), voltou a anunciar na última segunda-feira (8 de abril) uma oferta de desconto na Starlink com seus pacotes de internet para clientes brasileiros. O desconto acontece após a repercussão contra o Ministro do Supremo Tribunal Federal do Brasil, Alexandre de Moraes.

A promoção, iniciada em 8 de abril, reduz o preço do kit da empresa de Elon Musk pela metade. A mensalidade da Starlink, sem impostos, será de R$ 184 até 30 de abril. O anúncio da empresa, como citado anteriormente, se deu após o aumento da tensão entre Elon Musk e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

O empresário ameaçou descumprir o bloqueio de contas investigadas na plataforma. Em resposta, o magistrado determinou a inclusão de Elon Musk como investigado no inquérito das milícias digitais.

Segundo levantamento realizado pela BBC News Brasil, a Starlink está liderando na internet por satélite no Brasil, em especial em regiões mais isoladas, como nos Estados da Amazônia Legal. Até julho do último ano, 90% das cidades da região usavam provedores de banda larga fixa por satélite da empresa de Elon Musk.

Além de incluir o bilionário no inquérito das milícias digitais, Alexandre de Moraes também decidiu apurar a conduta de Elon Musk. O ministro quer que se investigue o crime de obstrução à Justiça, inclusive em organização criminosa e em incitação ao crime.

Entenda como começou os atritos entre Elon Musk e Alexandre de Moraes

No sábado, 6, o dono da Starlink questionou “por que o ministro Alexandre de Moraes exige tanta censura no Brasil”. O empresário respondeu uma publicação do ministro no X de 11 de janeiro. O comentário de Elon Musk veio na sequência de acusações feitas pelo jornalista norte-americano Michael Shellenberger na 4ª feira (3 de abril).

Segundo o jornalista, Moraes tem liderado um caso de ampla repressão da liberdade de expressão no Brasil. Os comentários críticos escalaram o tom e Musk afirma que pensa em fechar o Twitter no Brasil e que divulgará as exigências do ministro que violam as leis. 

Elon Musk chamou o ministro de “tirano”, “totalitário” e “draconiano”, afirmando que ele deveria “renunciar ou sofrer um impeachment” de seu cargo. No dia 3 de abril, o jornalista norte-americano Michael Shellenberger publicou uma suposta troca de e-mails entre funcionários do setor jurídico do X no Brasil entre 2020 e 2022 falando sobre solicitações e ordens judiciais recebidas a respeito de conteúdos de seus usuários.

Starlink, empresa de Elon Musk, oferece desconto de 50% após repercussão contra Alexandre de Moraes
Banner divulgado pela starlink

As mensagens mostrariam pedidos de várias instâncias do Judiciário brasileiro solicitando dados pessoais de usuários que usavam hashtags sobre o processo eleitoral e moderação de conteúdo.

Elon Musk dará internet de graça?

Além do desconto na Starlink, Elon Musk, afirmou que fornecerá internet gratuita a todas as escolas do Brasil caso o presidente Lula quebre os contratos com a Starlink. A declaração foi feita na noite desta segunda-feira, 8, em resposta a Paulo Pimenta, ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social (Secom), que afirmou que o governo federal avalia suspender os contratos com a empresa.

A Starlink é a única empresa no país capaz de atender às exigências do Ministério da Educação (MEC) para levar internet via satélite a 40 mil escolas em regiões mais afastadas, como os Estados da Amazônia Legal. As escolas fazem parte da Estratégia Nacional de Escolas Conectadas, cujo objetivo é levar internet a mais de 138 mil instituições públicas de ensino.

Inscreva-se
Notificar de
guest
2 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Valdemar Medeiros

Jornalista em formação, especialista na criação de conteúdos com foco em ações de SEO. Escreve sobre Indústria Automotiva, Energias Renováveis e Ciência e Tecnologia

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x