Shell e Constellation reuniram-se para conversar sobre o mercado de óleo e gás no Brasil

Shell Constellation petróleo explorção Brasil

Com grandes expectativas para o mercado de exploração e produção offshore brasileiro, as duas empresas reforçam suas parcerias e  conversam sobre seus projetos nos próximos anos

André Araújo, Presidente da Shell Brasil, esteve junto com a Constellation Oil Services na quinta-feira (30) para tratar de assuntos relacionados ao setor de petróleo e gás, novos projetos e parcerias para eventuais campanhas de exploração.

Como a própria Shell disse este mês, ela vai investir pelo menos 2 bilhões anualmente no Brasil até 2025, mas se os próximos leilões do petróleo forem bem sucedidos, este montante poderá aumentar.
A Constellation está como líder em uma licitação em andamento com a Petrobras para afretamento da sonda Alpha Star, além de outros projetos de perfuração.

“Ficamos felizes em receber ontem, o Sr. André Araújo, Presidente da Shell Brasil, que compartilhou as expectativas da Shell para o mercado de exploração e produção.

Nós entendemos o papel do Brasil como um dos principais mercados de óleo e gás para os próximos anos, e estamos orgulhosos de trabalhar como um parceiro líder, junto à Shell, em importantes campanhas exploratórias e de desenvolvimento no país.

A Constellation valoriza muito as parcerias que constrói em suas relações de trabalho, sendo fundamentais para a excelência dos nossos resultados.” Disse a Constellation hoje.

Um passo simples para se trabalhar embarcado mas poucos conhecem...

Um dos mercados mais almejados para profissionais que desejam trabalhar no mar é o offshore, principalmente em navios de cruzeiro, embarcações de apoio e marcantes. As escalas de trabalho são diferenciadas, podendo-se trabalhar apenas 6 meses e folgando mais 6. Assista o vídeo revelador que têm ajudado muitas pessoas no Brasil a ingressar neste mercado aqui.
Posted Under
Sem categoria

Sobre Paulo Nogueira

Com formação técnica, atuei no mercado de óleo e gás offshore por alguns anos. Hoje, eu e minha equipe nos dedicamos a levar informações do setor de energia brasileiro e do mundo, sempre com fontes de credibilidade e atualizadas.