Menu
Início Se a UBER for embora do Brasil, chame os Correios! Ministro do atual governo federal sugere a criação de um serviço de transporte de passageiros ligado à estatal

Se a UBER for embora do Brasil, chame os Correios! Ministro do atual governo federal sugere a criação de um serviço de transporte de passageiros ligado à estatal

8 de fevereiro de 2023 às 11:29
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Se a UBER for embora do Brasil, chame os Correios! Ministro do atual governo federal sugere a criação de um serviço de transporte de passageiros ligado a estatal
FONTE: Correios/Reprodução

O atual governo fez da regulamentação do trabalho dos aplicativos, como os de transporte de passageiros, uma de suas principais prioridades. O que aconteceria se a Uber decidisse sair do Brasil por causa das regulamentações do governo? A solução que o ministro Luiz Marinho propõe é que os Correios entrem na concorrência.

O Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, enfatiza a importância de uma economia em bom funcionamento para a empregabilidade de uma pessoa. Marinho dá o exemplo da Uber na Espanha para ilustrar seu argumento sobre as empresas que estão preparadas para debater a regulamentação do trabalho feito por meio de aplicativos.

Uma pergunta foi feita ao ministro sobre se a possível saída da Uber seria ou não prejudicial para a economia. Ele reagiu imediatamente sugerindo o desenvolvimento de um aplicativo totalmente novo. Foi informado que a empresa de logística Correios seria procurada com o pedido de desenvolvimento de uma alternativa ao aplicativo Uber. 

Artigos recomendados

Ele enfatizou o fato de que existem muitos aplicativos disponíveis hoje em dia. O ministro também enfatizou a importância de uma legislação adequada que resguarde empregos e pessoas, sem prepotência e sem colocar em risco os empresários brasileiros.

Em entrevista ao site Valor, o Ministro também deu sua opinião sobre a regulamentação do governo para funcionários de aplicativos. Ele trouxe a ideia de inscrever esses especialistas no INSS, mas hesitou em se comprometer a aderir às normas da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Segundo Marinho, há dúvidas sobre a devida categorização desses empregados dentro da CLT. Ele observou que essas parcerias podem se enquadrar tanto na CLT quanto no cooperativismo, que “ainda pode se livrar” de aplicativos como Uber e iFood por ser mais vantajoso para os funcionários operar dessa forma.

As empresas que desenvolveram os aplicativos presentes no mercado atualmente afirmam que a categoria de funcionários é variada e tem muitos pontos de vista. Marinho, por outro lado, vê isso como mais uma justificativa para regulá-los. 

O ministro optou por não buscar a opção do Microempreendedor Individual (MEI) para resolver o problema

De acordo com Marinho, “se alguém possui dez carrinhos de pipoca, não pode cadastrar nove deles como MEIs, pois eles passam a ser seus trabalhadores”. O Ministro do Trabalho também ainda tem algumas dúvidas sobre se o entregador de pizza pode ou não ser classificado como MEI.

Esta não é a primeira vez que o governo federal tenta desenvolver soluções próprias para serviços digitais, portanto esta não é uma iniciativa nova. Quem não se lembra do incidente envolvendo a espionagem americana ocorrido em 2013, durante o mandato da ex-presidente Dilma Rousseff, quando o governo cogitou a introdução de um serviço de e-mail nacional? 

Os Correios ficariam encarregados de operar o site, que recebeu o nome de Mensageria Digital. A plataforma seria financiada por anúncios e teria o respaldo do Ministério das Comunicações. Mas, infelizmente, ou felizmente, o projeto nunca foi concluído.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar