1. Início
  2. / Economia
  3. / Revelado: Chineses que prometeram R$ 9 trilhões para cidade futurística na Paraíba têm sede secreta em BH
Localização MG, PB Tempo de leitura 2 min de leitura Comentários 0 comentários

Revelado: Chineses que prometeram R$ 9 trilhões para cidade futurística na Paraíba têm sede secreta em BH

Escrito por Roberta Souza
Publicado em 29/12/2023 às 12:06
chineses, BH, Paraíba, investimento
Foto: reprodução Metrópoles

Conheça a Brasil CRT, empresa que anunciou mega investimento na Paraíba e surpreende ao ter sede em prédio comercial de BH

Uma empresa chinesa, a Brasil CRT, que recentemente causou alvoroço ao anunciar um investimento colossal de R$ 9 trilhões na construção de um porto de águas profundas e uma cidade futurística na Paraíba, tem sua sede em um discreto prédio comercial na região Centro-Sul de BH (Belo Horizonte), em Minas Gerais. A descoberta foi feita pela reportagem da Itatiaia, que visitou o local na tarde desta terça-feira (26).

Investimento dos chineses impressiona e levanta questões sobre a origem dos fundos e a viabilidade do projeto na Paraíba

A Brasil CRT, gerenciada pela família de chineses Chen, possui um capital social de R$ 800 bilhões, quase o equivalente ao PIB de Minas Gerais. No entanto, a empresa chinesa opera em uma sala do edifício Helbor Offices, na Savassi em BH, onde salas podem chegar a custar mais de R$ 1 milhão. A discrepância entre o capital social e o local da sede, em BH, levanta questões sobre a origem dos investimentos e a viabilidade do projeto anunciado na Paraíba.

Os empresários chineses Chen, responsáveis pela Brasil CRT em BH, são vistos com frequência no prédio. Ruotian Chen, Yi Chen e Jianing Chen, respectivamente, visitam o local regularmente e se comunicam fluentemente em português. A empresa que envolve os chineses, registrada em 2011, tem se destacado recentemente por suas promessas de investimento na Paraíba.

Investimento na Paraíba gera controvérsias e investigações

Após o anúncio do investimento na Paraíba, que despertou interesse de autoridades locais e nacionais, o Ministério Público da Paraíba iniciou uma investigação para averiguar a viabilidade e a legitimidade do projeto. O governador João Azevêdo desmarcou uma reunião agendada com os executivos chineses após a repercussão do caso, em que se descobriu a sede em BH.

Apesar das controvérsias envolvendo os chineses e das investigações em curso, a direção da Brasil CRT nega irregularidades na sede em BH e afirma que os detalhes sobre o investimento serão revelados conforme o projeto avance. Os chineses prometeram que os consórcios de investidores envolvidos no projeto da Paraíba serão revelados no momento oportuno, mantendo-se discreta sobre os detalhes até então.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Roberta Souza

Engenheira de Petróleo, pós-graduada em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x