1. Início
  2. / Vagas de Emprego
  3. / Quer chegar e começar logo a trabalhar em Portugal? Estes são os empregos com mais escassez de mão de obra no país
Tempo de leitura 4 min de leitura Comentários 114 comentários

Quer chegar e começar logo a trabalhar em Portugal? Estes são os empregos com mais escassez de mão de obra no país

Escrito por Valdemar Medeiros
Publicado em 24/06/2024 às 15:40
Quer chegar e começar logo a trabalhar em Portugal Estes são os empregos com mais escassez de mão de obra no país
Foto: CANVA

Se você é um dos brasileiros que também sonham em morar em outro país chegou a hora de aproveitar a escassez de mão de obra na Europa. Saiba como começar a trabalhar em Portugal, cargos mais requisitados e outras informações de extrema importância.

A escassez de mão de obra na União Europeia (UE) aumentou exponencialmente nos últimos anos. Desta forma, nem mesmo Portugal conseguiu escapar da alta demanda por novos profissionais e esta é a hora perfeita para aqueles que desejam começar a trabalhar em Portugal, principalmente brasileiros. Para te ajudar nesta jornada, separamos algumas das vagas com maior número de contratação, confira!

Confira quais são as melhores áreas para começar a trabalhar em Portugal

Morar em outro país é algo que exige  cuidado e preparação e vai muito além apenas da existência  de vagas. É algo que depende muito da região do país, suas necessidades e empresas. Entre as áreas com maior escassez de mão de obra para trabalhar em Portugal estão:

Setor Industrial

O setor industrial, composto pelas fábricas, é um dos setores em alta e que mais contratam imigrantes que desejam começar a trabalhar em Portugal. 

O setor industrial disponibiliza vagas não só para pessoas tradicionais que buscam oportunidades, mas também há opções para investidores que desejam criar seu próprio negócio no país.

Serviços

Com a ausência de indústrias, a área de serviços está em alta em Portugal para este ano de 2024. Lojas, salões de beleza, profissionais de instalação e consertos são muito demandados no país.

Motoristas de caminhões 

Segundo informações da rede EURES, a demanda por motoristas atinge mais de 80% das empresas. O relatório calcula que a demanda aumentou em 54%, o que representa que atualmente há 105 mil vagas não apenas em Portugal, mas em toda a Europa.

Esta é uma oportunidade quase instantânea para começar a trabalhar em Portugal. Além disso, esse cargo é um dos mais bem pagos no país.

Trabalho doméstico

Outro setor onde a contratação é quase imediata é o de trabalho doméstico (limpezas) em empresas, condomínios, hospitais e muito mais. Também é possível começar seu próprio negócio no setor. 

Salários em Portugal são atrativos para brasileiros 

Aos que planejam começar a trabalhar em Portugal e aproveitar a escassez de mão de obra, devem entender um pouco sobre o salário em Portugal por profissão. 

O salário mínimo em Portugal, em 2023, era de 760,00 euros, e em 2024 o salário mínimo português passou a ser de 820 euros. A meta é atingir 900 euros em 2026.

Contudo, apesar de Portugal ter um dos salários mínimos mais baixos da Europa, a média mais realista é superior, são 1.041 euros brutos, aumentando para 1.400 euros, se for considerar os subsídios de férias e Natal.

Vale afirmar que os salários em Portugal por profissão mudam de acordo com as variáveis. Por exemplo, a cidade escolhida para trabalhar e viver, se for uma cidade grande como Lisboa, o contratante vai pagar melhor, visto que o custo de vida também é um pouco mais alto.

Como é morar e trabalhar em Portugal?

Quase 400 mil brasileiros vivem legalmente no país, segundo dados mais recentes da Agência para Integração, Migrações e Asilo (AIMA). A língua portuguesa é uma das coisas que, de cara, já aproxima os brasileiros de terras lusitanas. 

Caso queira viver no interior, é possível notar que os costumes e as tradições ainda são mais preservadas e estão enraizadas em terras portuguesas.

As feiras de rua, as comemorações religiosas e um certo senso de comunidade também são motivos de boas surpresas. Ao passo que, nas grandes cidades, o imigrante tem acesso a shows musicais, opções de lazer, eventos e facilidade de acesso a transportes para simplificar a mobilidade urbana.

Desta forma, morar em Portugal sendo brasileiro exige, sim, adaptação e flexibilidade, entretanto sem peso de um grande impacto relativamente ao cotidiano, pois a comida farta à mesa, o clima favorável e o fato de se falar a mesma língua são fatores extremamente positivos.

Inscreva-se
Notificar de
guest
114 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Valdemar Medeiros

Jornalista em formação, especialista na criação de conteúdos com foco em ações de SEO. Escreve sobre Indústria Automotiva, Energias Renováveis e Ciência e Tecnologia

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x