MENU
Menu
Início Qual o posicionamento da indústria durante a quarentena

Qual o posicionamento da indústria durante a quarentena

29/04/2020 às 18:42
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Índices Indústrias Projetos

Grande parte das empresas vieram a público defender a quarentena, principalmente organizações do setor industrial – embora a pandemia afete significativamente a economia do país.

A pandemia do novo coronavírus (covid-19) tem mudado significativamente os hábitos e as rotinas individuais e coletivas no Brasil e no mundo. Afinal, reduzir os índices de proliferação do vírus depende, por parte, da população.

Enquanto alguns empresários criticam a quarentena, há empresas que adotam o isolamento social a fim de assegurar a saúde e o bem-estar da equipe, clientes, fornecedores e, principalmente, da sociedade em geral.

Nesse sentido, grande parte das empresas vieram a público defender a quarentena, principalmente organizações do setor industrial – embora a pandemia afete significativamente a economia do país.

Aliás, novos empreendimentos, projetos, grandes indústrias, bancos, entre outros setores estão de acordo com a paralisação total, medida orientada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Posição da indústria, índices e projetos durante a quarentena

O isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus atingiu os setores industriais de todo país. Contudo, a indústria, em sua maioria, não liberou grande parte dos funcionários, já que muitos dos produtos e projetos são essenciais para a população.

A maioria dos colaboradores defendem a quarentena. Em contrapartida, outros demonstram medo e insegurança pelo emprego. Afinal, a pandemia gerou uma crise econômica desenfreada, levando muita gente a perder a sua fonte de renda.

Para enfatizar os índices, segundo o Relatório de Inflação de março de 2020 do Banco Central, o cenário econômico mundial sofre grandes incertezas com a pandemia.

Além disso, o relatório aponta que o avanço do coronavírus provoca a desaceleração significativa dos projetos econômicos. Com isso, as consequências desses impactos refletem em diversos setores, principalmente na redução da matéria-prima, como a composição do molde de injeção plástica.

Projetos e recomendações

Muitas indústrias estão seguindo as recomendações da OMS e tomando os devidos cuidados com os colaboradores, porém, algumas ainda estão submetendo os funcionários a riscos, como em aglomerações.

Afinal, o ambiente dentro das fábricas é um grande promissor de riscos aos funcionários e, consequentemente, a suas famílias. Porém, segundo profissionais, os projetos não podem parar.

Para as indústrias que permanecem ativas, é importante adotar as medidas que garantem a saúde e o bem-estar da equipe e da população. Sendo assim, separamos 5 cuidados básicos para manter os índices econômicos em alta e, ao mesmo tempo, conter o vírus.

Ações para conter o vírus e manter os projetos

A pandemia exige ações imediatas. E, para que a indústria mantenha os projetos e o andamento dos processos, é preciso seguir algumas recomendações. Principalmente, as ações de higiene. Veja:

Higienização

A higienize de um ambiente é fundamental – principalmente em meio a uma pandemia. Nesse sentido, certifique-se de limpar, a cada 1 hora, as torneiras, maçanetas, o piso de concreto, entre outros itens.

Além dessa ação, é importante focar os esforços de limpeza em banheiros, pias, sanitários, bebedouros, catracas, máquinas, entre outros equipamento de trabalho.

Vale ressaltar que a higiene pessoal é valiosa durante esse processo. Por isso, forneça álcool 70% para toda equipe e conscientize os colaboradores sobre a importância dessa ação.

Defina responsáveis

Outra ação fundamental para lidar com esse momento de crise é definir responsáveis por cada atividade. Aliás, essa é uma ótima estratégia para manter os índices e mensurar os resultados econômicos.

Nesse sentido, estabeleça com o responsável por cada setor, uma política de crise, ou seja, apresente o cenário econômico atual e faça com que a equipe entenda a importância de manter a produção.

Além disso, deixe os colaboradores por dentro dos projetos, das ações de crescimento, dos novos sistemas, como a placa de circuito impresso dupla face, e das estratégias necessárias para contornar a crise.

Por fim, alguns setores industriais não podem parar. Afinal, em sua grande maioria, as indústrias são responsáveis por fornecer produtos essenciais para a sociedade.

Esse‌ ‌artigo‌ ‌foi‌ ‌escrito‌ ‌por‌ ‌Beatriz‌ ‌Barros,‌ ‌Criadora‌ ‌de‌ ‌Conteúdo‌ ‌do‌ ‌‌Soluções‌ ‌Industriais‌.‌

 

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR