1. Início
  2. / Automotivo
  3. / Presidente da Toyota deixa claro sua aversão aos veículos elétricos, e garante que não passa de modinha, mesmo com os números sobre compra dos carros elétricos dizer o contrário.
Localização SP Tempo de leitura 3 min de leitura

Presidente da Toyota deixa claro sua aversão aos veículos elétricos, e garante que não passa de modinha, mesmo com os números sobre compra dos carros elétricos dizer o contrário.

Escrito por Bruno Teles
Publicado em 29/12/2022 às 11:46
Presidente da Toyota
Presidente da Toyota

 O presidente da Toyota, o empresário Akio Toyoda, não esconde de ninguém sobre o seu desdém com veículos elétricos. No último fim de semana ele falou mais um pouco sobre a sua opinião.

 As pessoas envolvidas no mercado automobilístico são um tanto silenciosas em relação aos veículos elétricos, já que o mercado está aquecido, porém, segundo ele, as pessoas acham exagero depositar todas as fichas no veículo elétrico. E devido à alta tendência a maioria prefere não se pronunciar sobre o assunto.

 Mesmo sendo um dos pioneiros no ramo de carros elétricos. Décadas atrás a Toyota lançou o trem com força híbrido-elétrico do mercado de massa, que estreou Prius e proliferou para toda a linha. O CEO da Toyota afirma que se os governos proibissem os carros movidos a combustão, as fábricas poderiam entrar em colapso e que poderá gerar problemas energéticos.

 Embora os carros híbridos possam parecer um avanço significativo, eles não foram uma mudança radical para as indústrias que se acostumaram a ajustar o motor de combustão interna ad nauseam para compensar as deficiências. A Hibridização adicionou motores elétricos para fazer o carro rolar e ajudar em baixas velocidades, onde os carros de combustíveis fosseis não são tão bons.

 Apesar das montadoras ter sempre a disposição as melhores equipes de engenheiros mecânicos, especializados em arrancar décimos de um por cento da tecnologia do motor a combustão, o mesmo, não pode ser dito, quando se trata de motor elétrico, apesar de saberem lidar, não é a sua especialidade. Isso abrirá um precedente para os engenheiros eletrotécnicos mostrar todo o seu potencial.

 Indo por essa perspectiva, a adoção de tecnologia hibrida deve ser vista não como um trampolim para o futuro de carros elétricos, mas como mais um esforço para prolongar o reinado do motor de combustão interna.

TOYOTA: Por que ela se RECUSA a entrar na Onda dos ELÉTRICOS?!

Presidente da Toyota deixa claro sua aversão aos veículos elétricos, e garante que não passa de modinha, mesmo com os números sobre compra dos carros elétricos dizer o contrário.

Apesar da crescente manifestação em favor dos veículos elétricos, o presidente da Toyota, vai à contramão disso e alega que é um tiro no pé banir de vez os carros movidos a combustão fóssil.

  Enquanto o mundo vibra com os veículos elétricos, tanto que alguns governos querem banir os carros movidos a combustão fóssil, para adotar somente o modelo híbrido, Akio Toyoda presidente da Toyota declara que o mundo ainda não está preparado para uma mudança tão drástica. 

Ele coloca como exemplo o Japão, um dos principais países que quer até em 2030 substituir toda a sua frota, para veículos elétricos. Segundo Toyoda o Japão usa o carvão como o seu principal meio de gerar energia, o que é uma energia poluente, se aumentar esse uso, além de poder levar o país a um colapso no setor elétrico, o carvão é energia poluente.

 Além disso, o roubo nos cofres japoneses seria alto demais, podendo levar o país a ter sérios problemas financeiros.

 Apesar de toda euforia em volta dos carros elétricos, Toyoda pede cautela na hora de fazer uma transição tão radical como essa. 

Bruno Teles

Falo sobre tecnologia, inovação, petróleo e gás. Atualizo diariamente sobre oportunidades no mercado brasileiro. Sugestão de pauta? Manda no brunotelesredator@gmail.com

Compartilhar em aplicativos