MENU
Menu
Início Preços mais altos de petróleo e gás aumentam o lucro da multinacional francesa TotalEnergies

Preços mais altos de petróleo e gás aumentam o lucro da multinacional francesa TotalEnergies

10 de fevereiro de 2022 às 20:20
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
emprego, totalenergies, vagas
Foto Reprodução Google Imagens / kabumdigital

A empresa francesa de energia TotalEnergies viu seu lucro trimestral disparar no final do ano passado, impulsionado pelos preços mais altos do petróleo e do gás

A companhia divulgou recentemente sobre o lucro líquido de US$ 5,8 bilhões no 4T 2021 e US$ 16 bilhões em todo o ano de 2021 com petróleo e gás. Isso se compara a um lucro de US$ 891 milhões no 4T 2020 e uma perda de mais de US$ 7,2 bilhões em 2020.

O negócio de Exploração e Produção da TotalEnergies se beneficiou de preços mais altos de petróleo e gás com lucro operacional líquido ajustado de US$ 10,4 bilhões e foi um forte contribuinte para o fluxo de caixa líquido da empresa com US$ 12,2 bilhões. Ou seja, em 2021, a empresa gerou um fluxo de caixa de US$ 30,7 bilhões, um aumento de US$ 13 bilhões em relação a 2020.

Mais notícias:

Em linha com a sua estratégia de investir em projetos de baixo custo e baixas emissões, a TotalEnergies aumentou a sua presença no Brasil com a entrada nos campos gigantes de Atapu e Sépia , lançou o Projeto de Desenvolvimento de Recursos do Lago Albert no Uganda, ao mesmo tempo que alienou participações em ativos maduros em Angola bem como várias licenças não operadas no Gabão e uma participação minoritária na área de Greater Laggan no Reino Unido.

A empresa manteve a disciplina de capital com investimentos líquidos de US$ 13,3 bilhões, dos quais 25% em Renováveis ​​e Eletricidade.

O CEO da TotalEnergies, Patrick Pouyanné , comentou: “No quarto trimestre, os preços do petróleo continuaram a subir, 9 por cento em comparação com o trimestre anterior, enquanto os preços do gás na Europa e na Ásia, impulsionados pelo aumento da demanda, atingiram máximos históricos acima US$ 30/Mbtu e elevou os preços da energia na Europa a níveis recordes.

A produção de petróleo e gás foi de 2.852 mil barris de óleo equivalente por dia (kboe/d) no quarto trimestre de 2021, estável em relação ao trimestre do ano anterior. Em 2021, a produção de hidrocarbonetos foi de 2.819 kboe/d, uma queda de 2% em relação ao ano anterior.

A produção de petróleo e gás para GNL aumentou 6% em relação ao ano anterior no quarto trimestre de 2021, devido ao impacto da manutenção não planejada na produção do quarto trimestre de 2020. O ano de 2021 foi estável em comparação com 2020.

Start-ups de projetos para aumentar a produção em 2022

Olhando para o futuro, a TotalEnergies prevê um crescimento da produção de petróleo e gás em 2022 de cerca de 2%, impulsionado pelas start-ups de Mero 1 no Brasil e lkike na Nigéria, a entrada nas unidades de produção de Atapu e Sepia no Brasil a partir de maio de 2022, mas impactadas pelas vendas de ativos maduros concluídos em 2021, bem como a saída de Mianmar a partir de julho de 2022.

Dando continuidade ao impulso que vem ocorrendo há vários anos, a TotalEnergies está implementando sua estratégia de crescimento integrado em GNL, que gerará um crescimento estrutural de fluxo de caixa de US$ 1 bilhão em 2022.

Além disso, dada a evolução dos preços de petróleo e gás nos últimos meses e o efeito defasado nas fórmulas de preços, a TotalEnergies antecipa que seu preço médio de venda de GNL deve permanecer em um nível alto de pelo menos US$ 12/Mbtu no primeiro semestre de 2022.

Suas prioridades de alocação de fluxo de caixa para o ano incluem investir em projetos rentáveis ​​para implementar sua estratégia de transformação, vinculando o crescimento de dividendos ao crescimento de fluxo de caixa estrutural, mantendo um balanço forte e um rating de dívida de longo prazo com um nível mínimo “A” por ancoragem de alavancagem abaixo de 20% e alocando uma parte do fluxo de caixa excedente dos altos preços do petróleo e gás para recompras de ações.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR