Início Petróleo – Secretário da OPEP diz que segunda onda da pandemia do Covid-19 prejudicará recuperação do mercado de óleo e gás

Petróleo – Secretário da OPEP diz que segunda onda da pandemia do Covid-19 prejudicará recuperação do mercado de óleo e gás

27 de outubro de 2020 às 13:51
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Opep, petróleo, covid
Foto: reprodução

Segundo Mohammad Barkindo, secretário-geral da OPEP, com diversos novos casos de Covid, o mercado do petróleo pode ser muito afetado

Para Mohammad Barkindo, secretário-geral da OPEP – Organização dos Países Exportadores de Petróleo, o mercado do petróleo e a recuperação dos setores de óleo e gás podem ser muito afetados devido ao aumento de novos casos da Covid-19. Tais aumentos de casos a cada dia pode afetar a recuperação dos preços do petróleo, obrigando o cartel a continuar seus esforços para equilibrar o mercado.

Veja ainda outras notícias do dia:

Em todo o mundo, diversos recordes foram registrados de casos consecutivos, sendo que a Europa vem tornando um grande centro da pandemia. No dia 23, foram registradas 490 mil pessoas que testaram positivo para a Covid-19.

“Nós tínhamos esperança de que o segundo semestre de 2020 começasse a registrar uma recuperação. Infelizmente, tanto o crescimento econômico quanto a recuperação da demanda seguem anêmicas no momento, muito em função do vírus”, disse Mohammad.

O secretário-geral da OPEP, disse estar otimista de que a recuperação continuará, mas o ritmo será lento. “Pode levar mais tempo [a recuperação], talvez em níveis mais baixos, mas estamos determinados a manter o curso”.

No mês abril, os países da OPEP e outros aliados e a Rússia decidiram pressionar por cortes recordes de produção para manter os preços do barril em níveis sustentáveis. Na segunda-feira, os barris WTI ($ 38,50) e Brent ($ 40,80) estiveram ambos em negociação, com os preços caindo 3%.

Sobre a OPEP:

Organização dos Países Exportadores de Petróleo – OPEP, é uma organização intergovernamental, que tem como objetivo a centralização da elaboração das políticas sobre produção e venda do petróleo dos países integrantes.

Atualmente, os países membros da OPEP são: Argélia, Angola, Equador, Irã, Iraque, Kuwait, Líbia, Nigéria, Catar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Venezuela.

A OPEP desenvolve estratégias na produção de petróleo, estabelecendo cotas de produção para os países membros, diminuindo a oferta, fazendo o preço do produto atingir valores elevados, proporcionando maior lucratividade para os países exportadores de petróleo.

Relacionados
Mais recentes