Vídeo – Petrobras dá o ponta-pé inicial da produção no Campo de Búzios com a P-76

P-76 Petrobras entra em produção buzios pré-sal

A P-76 da gigante estatal brasileira Petrobras, finalmente entra em operação no desenvolvimento do pré-sal na Bacia de Santos junto com suas irmãs P-74 e P-75

A Petrobras iniciou a produção de um terceiro grande navio flutuante de produção, armazenamento e descarregamento no campo gigante de Búzios, na província do pré-sal da Bacia de Santos. A produção do FPSO P-76 começou nesta quarta-feira em profundidades de 2030 metros, segundo a Petrobras. O flutuador, que tem capacidade para processar 150 mil barris por dia de petróleo e 7 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural, estará ligado a 10 poços produtores de petróleo e sete poços injetores.

O casco P-76 foi convertido na China, enquanto a contratada argentina Techint realizou a fabricação e integração da maior parte dos módulos de topside em seu estaleiro em Pontal do Paraná, com um alto conteúdo local de 70%.

O P-76 se torna o terceiro FPSO a entrar em operação em Búzios, seguindo a P-74 em abril de 2018 e a P-75 em novembro de 2018. Uma quarta unidade, a P-77, é destinada a produzir o primeiro óleo de Búzios. ano.

A Petrobras está em processo de fretamento de uma quinta grande unidade para Búzios, e recentemente iniciou negociações com a japonesa Modec, depois que o Exmar, da Bélgica, enfrentou dificuldades para garantir financiamento para a flutuante.


Vídeo do momento em que petroleiros da Petrobras e terceirizados à bordo da P-76 comemoram o a produção do primeiro óleo

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.