Início Petrobras apoia projeto do Rio de Janeiro selecionado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)

Petrobras apoia projeto do Rio de Janeiro selecionado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)

10 de agosto de 2020 às 11:25
Compartilhe
Siga-nos no Google News
instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) Petrobras
instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT)

Programa de empreendedorismo internacional coordenado pela instituição norte-americana pretende transformar o estado do RJ em polo mundial de inovação nas áreas de energia e sustentabilidade

Com o apoio da Petrobras, o estado do Rio de Janeiro foi selecionado para o REAP, programa de aceleração de startups coordenado pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). O objetivo é estimular a criação e o desenvolvimento de startups focadas nos setores de energia e sustentabilidade e, com isso, transformar o Rio de Janeiro no polo mundial de inovação nestas áreas.

A Petrobras investirá R$ 1,3 milhão para a implantação do projeto, que tem orçamento total de R$ 3,2 milhões. Os recursos da companhia são oriundos do programa de pesquisa e desenvolvimento (P&D) da Aneel. A expectativa é, a partir do início da implementação das ações, atrair cerca de R$ 200 milhões em novos investimentos para o estado do Rio de Janeiro, incluindo inversões em startups, em projetos de P&D e difusão de novas tecnologias.

“Queremos estimular o ambiente de negócios inovadores por meio da articulação de iniciativas de empreendedorismo nas áreas de energia e sustentabilidade, ampliando a capacidade de inovação da cadeia de suprimentos, e implementar um ecossistema estruturado que trará investimentos importantíssimos para o Rio de Janeiro e para indústria de energia. Todos têm muito a ganhar com essa iniciativa que poderá transformar o estado em um hub de inovação no Brasil”, destaca Nicolas Simone, diretor de Transformação Digital e Inovação da Petrobras.

Programa

Anualmente, o REAP seleciona até oito regiões do mundo para um programa de treinamento com dois anos de duração. Ao completar o programa, os integrantes do grupo têm o compromisso de disseminar o conhecimento na região selecionada, que passa a fazer parte do REAP Global. O programa é dividido em quatro fases: diagnóstico, elaboração da estratégia de ação, implementação das ações e estratégia de sustentação.

O projeto selecionado deve engajar, desde o envio da proposta para seleção, todos os atores previstos pela metodologia: universidades, corporações, governo, empreendedores e investidores de venture capital, também conhecido como capital de risco ou capital empreendedor. A inscrição do estado do Rio de Janeiro para participação no programa foi liderada pela Coppe/UFRJ, por meio do Laboratório de Inovação Tecnológica (LabrInTOS).

Ao ingressar no projeto selecionado pelo MIT, a Petrobras otimizará seus investimentos em P&D e em Inovação, buscando alavancar a implantação das tecnologias na cadeia de valor de energia, por meio da integração com o ecossistema empreendedor.

Em 2019, o investimento da Petrobras na área de P&D foi de US$ 576 milhões. A região do Rio de Janeiro é um dos principais polos de investimento em inovação da empresa e possui grande concentração de centros de pesquisa públicos e privados.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes