MENU
Menu
Início Petrobras anuncia ampliação da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) e geração de 30 mil vagas de emprego

Petrobras anuncia ampliação da Refinaria Abreu e Lima (RNEST) e geração de 30 mil vagas de emprego

18 de janeiro de 2024 às 20:49
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Governo e a Petrobras anunciaram a ampliação da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), que gerará 30 mil vagas de emprego, e terá um aumento na produção de Diesel S10.
Foto: Canva

Governo Federal e a Petrobras anunciaram a ampliação da Refinaria Abreu e Lima (RNEST), que vai gerar 30 mil vagas de emprego e aumentar a produção de Diesel S10. O projeto faz parte do Plano Estratégico 2024–28+ da Petrobras e do Novo PAC do governo.

A Petrobras e o governo federal anunciaram nesta quinta-feira, (18/01), a retomada dos investimentos na Refinaria Abreu e Lima (RNEST), localizada em Ipojuca, Pernambuco. A ampliação da unidade, que faz parte do Plano Estratégico 2024–28+ da Petrobras e do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo, vai gerar cerca de 30 mil vagas de emprego diretos e indiretos e aumentar a capacidade de produção nacional de Diesel S10, um combustível de baixo teor de enxofre.

Veja: Retomada de obras da Refinaria Abreu e Lima — RNEST

Fonte: Jean Paul Prates

RNEST: a refinaria da Petrobras que vai gerar 30 mil vagas de emprego e aumentar a produção de diesel

A cerimônia de lançamento do Projeto RNEST contou com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, do presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, e de outras autoridades, como representantes da Casa Civil e do Ministério de Minas e Energia (MME).

Artigos recomendados

Na ocasião, também foi lançado o Programa Autonomia e Renda, da Petrobras, que visa apoiar os trabalhadores e as comunidades afetadas pela transição energética.

O Projeto RNEST prevê a construção do Trem 2 da refinaria, que vai dobrar a capacidade de processamento de petróleo da unidade, passando de 130 mil para 260 mil barris por dia.

A previsão é que o Trem 2 entre em operação em 2028, após a conclusão das obras, que devem começar no segundo semestre de 2024.

Com isso, a RNEST produzirá cerca de 13 milhões de litros de Diesel S10 por dia, além de outros derivados, como gasolina, GLP e nafta.

Trem 2 da RNEST dobrará a capacidade de processamento de petróleo da unidade

Além do Trem 2, o Projeto RNEST também inclui a construção da primeira unidade SNOX do refino brasileiro, que converterá os gases poluentes óxido de enxofre (SOx) e óxido de nitrogênio (NOx) em um novo produto para comercialização.

A unidade SNOX já está em obras e deve entrar em funcionamento em 2024.

Outra obra prevista é a ampliação da produção do Trem 1 (Revamp), que vai permitir o aumento da carga, o melhor escoamento de produtos leves e a maior capacidade de processamento de petróleo do pré-sal.

A expectativa é que o Revamp do Trem 1 seja concluído no primeiro trimestre de 2025.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, destacou que os investimentos da empresa em refino, como o Projeto RNEST, vão contribuir para tornar o país autossuficiente na produção de combustíveis, reduzindo a dependência de importação.

Ele afirmou que a Petrobras planeja aumentar a produção de diesel em 40% nos próximos anos, considerando todos os projetos de adequação e aprimoramento do parque industrial e da cadeia de abastecimento e logística.

Prates também ressaltou que a Petrobras investirá US$ 17 bilhões em projetos de refino, transporte e comercialização no Brasil nos próximos cinco anos, para ampliar a capacidade de produção de diesel e oferecer gradualmente produtos para o mercado de baixo carbono.

Sobre a RNEST

A RNEST é a refinaria mais moderna já construída pela Petrobras e iniciou suas operações em 2014, com o primeiro conjunto de unidades (Trem I).

A refinaria é estratégica para a região e o país, por ser o principal hub da Petrobras nas Regiões Norte e Nordeste e tem fácil acesso por cabotagem aos mercados consumidores.

É válido ressaltar que a RNEST é a primeira refinaria construída pela Petrobras em 34 anos e atende à demanda nacional por derivados de petróleo.

Inscreva-se
Notificar de
guest
Para confirmar a sua inscrição e receber notificações quando alguém responder seu comentário, coloque o e-mail no-reply@clickpetroleoegas.com.br na lista de contato confiáveis, as vezes a mensagem pode cair na caixa de lixo/spam, então verifique nestas pastas também.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x