Menu
Início Petrobras abre licitação bilionária para contração de serviços de descomissionamento de plataforma; com prazo até 16/10, chamada pública promete acirrar disputa entre estaleiros e gerar empregos na construção naval

Petrobras abre licitação bilionária para contração de serviços de descomissionamento de plataforma; com prazo até 16/10, chamada pública promete acirrar disputa entre estaleiros e gerar empregos na construção naval

23 de setembro de 2023 às 05:52
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
petrobras - licitação - edital - empregos - chamada pública - petróleo - plataforma - estaleiro - descomissionamento
Descomissionamento de plataforma de petróleo offshore / Imagem Hydrosphere

Que vença o melhor! Estaleiros terão até o dia 16 de outubro para entrar na disputa e vencer a licitação bilionária aberta pelo gigante do petróleo brasileiro

A Petrobras, gigante da indústria de petróleo, mais uma vez demonstra seu compromisso com a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental. Recentemente, a empresa publicou um edital de licitação que promete revolucionar a destinação de suas plataformas offshore. Esta ação faz parte de uma nova diretriz da companhia, que visa o descomissionamento sustentável de suas embarcações, com destaque para a plataforma P-33, localizada na Bacia de Campos, no Campo de Marlim.

Assista o vídeo abaixo e entenda como é feito o descomissionamento de um navio FPSO

Petrobras planeja desativar um total de 26 unidades até 2027 e outras 27 unidades de 2028 a 2029, resultando na destinação de mais de 650 mil toneladas de aço para reciclagem.

A plataforma P-33 é uma FPSO (Floating Production, Storage and Offloading) com dimensões impressionantes: 337 metros de comprimento, 54,5 metros de largura e peso de cerca de 49 mil toneladas. Essa unidade, que já contribuiu significativamente para a produção de petróleo no Brasil, agora segue o caminho da P-32, com a promessa de um descomissionamento sustentável e inovador.

Artigos recomendados

Uma das principais inovações deste edital é o foco no mercado nacional. Para concorrer à licitação, as empresas interessadas devem ser estaleiros ou estar associadas a estaleiros nacionais, com capacidade de oferecer dique seco. Isso não apenas impulsiona a economia local, mas também promete gerar oportunidades significativas de emprego na indústria naval nacional.

A Petrobras planeja desativar um total de 26 unidades até 2027 e outras 27 unidades de 2028 a 2029, resultando na destinação de mais de 650 mil toneladas de aço para reciclagem.

Desmonte do casco da unidade ocorrerá em dique seco e inventário de materiais perigosos será elaborado por uma empresa reconhecida

O novo modelo de destinação sustentável de embarcações da Petrobras está alinhado com as melhores práticas ASG (Ambiental, Social e Governança) da indústria mundial. Este compromisso abrange várias áreas, desde a minimização da geração de resíduos até o controle de emissões de carbono e a prevenção de impactos à biodiversidade. Além disso, a segurança e a saúde dos trabalhadores envolvidos nas atividades de reciclagem são prioridades, assim como o respeito aos direitos humanos assumidos pela empresa.

As empresas concorrentes devem apresentar um plano de reciclagem detalhado, cobrindo todos os aspectos, desde os procedimentos iniciais de recebimento da unidade até a destinação final dos resíduos. O desmonte do casco da unidade ocorrerá em dique seco, garantindo um processo seguro e eficiente.

Um inventário de materiais perigosos será elaborado por uma empresa reconhecida, auxiliando na preparação do plano de reciclagem e assegurando a segurança durante todo o processo.

A Petrobras assumirá a responsabilidade pela entrega da plataforma no estaleiro indicado pelo comprador, garantindo sua reciclagem e impedindo qualquer retorno à navegação. Para participar da licitação, os estaleiros precisam possuir licença de operação que inclua explicitamente a atividade de desmontagem, capacidade para armazenamento temporário e manuseio de materiais, bem como um plano de contingência e de emergência.

A segurança do trabalho é primordial, e a Petrobras supervisionará de perto todo o processo de reciclagem para garantir que seja sustentável e auditável.

Petrobras está na vanguarda da indústria petrolífera, promovendo sustentabilidade e gerando empregos no Brasil

A Petrobras está na vanguarda da indústria petrolífera, adotando medidas inovadoras para promover a sustentabilidade e a geração de empregos no Brasil. Com o edital de licitação para o descomissionamento sustentável da plataforma P-33 e outras unidades, a empresa demonstra seu compromisso com a responsabilidade ambiental e social, ao mesmo tempo em que impulsiona a economia nacional.

Este é um momento emocionante para a indústria naval brasileira, à medida que novas oportunidades de emprego e investimentos surgem, promovendo um futuro mais verde e próspero para todos os envolvidos.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar