Início Pesquisadores japoneses trabalham em novo método de captura de carbono com eficiência de 99%

Pesquisadores japoneses trabalham em novo método de captura de carbono com eficiência de 99%

31 de maio de 2022 às 12:18
Compartilhe
Siga-nos no Google News
carbono - energia - captura de carbono - japoneses
Foto: Pixabay

Pesquisadores do Japão estão trabalhando em um novo método de captura de carbono que promete ser muito mais eficiênte e mais rápido

Seiji Yamazoe, professor da Universidade Metropolitana de Tóquio (TMU), lidera equipe de pesquisadores que desenvolveu um método de captura de carbono que remove o dióxido de carbono diretamente da atmosfera. Em comunicado à imprensa, os pesquisadores afirmaram que o método tem uma eficiência de 99%.  

A equipe de Yamazoe vem trabalhando em um sistema de separação de fase líquido-sólido para capturar carbono diretamente da atmosfera. O sistema funciona como um DAC líquido, onde o gás é borbulhado através de uma solução líquida e em vez de ficar preso na solução, a reação química faz com que o carbono preso seja insolúvel e saia da solução como um sólido. 

Artigos recomendados

carbono - pesquisadores - cientistas - japão
Imagem ilustrativa: Foto: TMU

Captura de dióxido de carbono diretamente do ar

A esperança dos ambientalistas é que os pesquisadores consigam desenvolver tecnologias baratas e eficientes para evitar uma catástrofe climática. Para conter a quantidade de dióxido de carbono liberada na atmosfera, muitas estratégias estão sendo aplicadas, sendo a captura direta de ar (DAC) uma das mais promissoras. 

Segundo a Agência Internacional de Energia, o carbono capturado pode ser usado no processamento de alimentos ou até mesmo na produção de combustíveis sintéticos.

Existem duas abordagens principais para a captura de carbono. Uma abordagem é chamada de ‘DAC líquido’, onde o ar passa por sistemas líquidos, gerando uma reação química entre uma solução líquida e o dióxido de carbono e este fica preso na solução.  

A outra abordagem se chama ‘DAC sólido’, que usa filtros sólidos que reagem com o dióxido de carbono e os ligam a eles. Ambos os sistemas são reversíveis, o que significa que o dióxido de carbono retido pode ser liberado usando altas temperaturas quando necessário. 

Solução para o meio ambiente 

Hoje em dia, a captura direta de ar é uma das poucas opções de tecnologia disponíveis para remover CO 2 da atmosfera. Essa tecnologia é a esperança de muitos cientistas que esperam que a quantidade de carbono liberada na atmosfera seja equivalente a quantidade removida. Alguns setores como aviação e indústria são muito mais difíceis se serem descarbonizadas. As tecnologias de remoção de carbono, como o DAC, podem ser uma parte importante do conjunto de opções de tecnologia usadas para atingir as metas climáticas.  

Atualmente, vários sistemas de descarbonização estão sendo implementados ao redor do mundo, o problema é a perda de eficiência dos equipamentos utilizados nesses sistemas com o passar do tempo.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes