Menu
Início Otimizando a gestão: a arte do rightsizing na frota de veículos

Otimizando a gestão: a arte do rightsizing na frota de veículos

4 de julho de 2023 às 13:07
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News

Transformando sua frota em um sistema eficiente e econômico através do rightsizing.

No mundo frenético da logística, um gestor de frota precisa ser um mestre na arte de equilibrar custos, eficiência e inovação. A dimensão correta da frota é um elemento crucial nesse jogo de equilíbrio, pois a quantidade de veículos insuficiente ou excessiva pode desencadear uma série de problemas operacionais.

Ponderando as necessidades da frota

A resposta para o “tamanho certo” da frota não é universal, pois cada operação possui suas singularidades. Assim, cada organização deve desenvolver sua própria fórmula para alcançar a eficiência máxima da frota.

Artigos recomendados

Para isso, um gestor de frota deve avaliar cuidadosamente vários fatores operacionais. A análise do tempo de inatividade de cada veículo, por exemplo, pode revelar se existem veículos ociosos, indicando que a frota pode estar superdimensionada. Lembre-se de que mesmo os veículos estacionados trazem custos substanciais.

Por outro lado, se os veículos não têm “tempo para respirar” e a agenda de manutenção é complicada de ser realizada sem impactar as operações, é hora de considerar a possibilidade de uma frota subdimensionada.

Na hora de ponderar o tamanho da frota, o gestor deve considerar:

• A idade média dos veículos; • A quantidade total de veículos; • Os modelos dos veículos e suas respectivas funções; • O tempo que permanecem inativos.

Cada detalhe deve ser meticulosamente avaliado, lembrando que a escolha do modelo de veículo também tem um impacto significativo na economia operacional.

Os benefícios do rightsizing

Se você ainda questiona a necessidade de um dimensionamento adequado da frota, aqui estão algumas vantagens que podem esclarecer o quadro.

Economia de Custos: Não se trata apenas de custos com combustível, mas também com manutenção e multas. Um veículo ocioso ou excessivamente utilizado gera despesas desnecessárias. Além disso, motoristas sobrecarregados podem ter comportamentos arriscados para cumprir suas tarefas, resultando em multas por infrações como excesso de velocidade.

Segurança Reforçada: Infrações como excesso de velocidade não apenas sugerem a desobediência às leis de trânsito, mas também apontam para comportamentos de condução perigosos, aumentando o risco de acidentes. Portanto, o rightsizing não é apenas uma questão de economia, mas também de segurança dos motoristas.

Otimização da Logística: Planejar rotas eficientes poupa o tempo dos motoristas, diminuindo o estresse no trânsito e aumentando a eficiência operacional. Além disso, a gestão adequada do tamanho da frota também aumenta a eficiência operacional, reduzindo custos e melhorando a qualidade de vida dos funcionários.

O rightsizing não é uma ação única, mas um processo contínuo. Recomenda-se que os gestores de frota revisitem seu sistema operacional anualmente para garantir que ele esteja alinhado com os objetivos da empresa.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar