Menu
Início O clássico renasceu! Volkswagen Santana está de volta ao mercado e está mais incrível do que nunca

O clássico renasceu! Volkswagen Santana está de volta ao mercado e está mais incrível do que nunca

1 de março de 2024 às 23:24
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
O clássico renasceu! Volkswagen Santana está de volta ao mercado e está mais incrível do que nunca
Foto: Divulgação/Volkswagen Santana

Em um retorno triunfal, o Volkswagen Santana reaparece no cenário automotivo, prometendo desafiar as expectativas com um design elegante, performance envolvente e um preço inacreditavelmente acessível.

Quando pensamos em sedãs alemães, nossa mente imediatamente nos leva a etiquetas de preço exorbitantes, normalmente ultrapassando a marca de 100 mil reais. No entanto, o Volkswagen Santana chegou para derrubar esse estereótipo, provando que é possível possuir um sedã alemão novinho em folha por baixo custo, sem abrir mão da qualidade, do design e do desempenho que a marca Volkswagen é conhecida mundialmente.

Lançado nas Filipinas entre 2018 e 2022 o Volkswagen Santana tem sido um segredo bem guardado, um subcompacto sedã de construção sólida e capacidade notável que injustamente voou sob o radar. Não mais. Com um preço de varejo de 338.000 pesos filipinos (cerca de 30 mil reais sem impostos) para a versão top de linha Santana 180 MPI SE, a Volkswagen, através de sua distribuidora AC Motors, tem sido ‘generosa’ em suas ofertas, tornando este clássico renascido uma opção ainda mais atraente.

Artigos recomendados

Motor do novo Volkswagen Santana

O Volkswagen Santana não apenas promete, mas entrega. Seu espaço de carga é generoso, capaz de acomodar várias malas com facilidade, um testemunho do design prático que a Volkswagen sempre prezou. Sob o capô, o Santana SE abriga um motor a gasolina de 1.5 litros, oferecendo 109 cavalos de potência, números que colocam este modesto sedã à frente de muitos de seus concorrentes no segmento de sedãs subcompactos.

De fato, o Santana pode não ser o primeiro a ser notado em um concurso de estilo, adotando uma abordagem mais discreta ou, como alguns diriam, um “corpulento”. Mas não se deixe enganar. O que ele pode faltar em puro apelo visual, compensa com qualidade de construção e performance superior. Este modelo vem equipado com faróis de halogênio com função “go-on”, faróis de neblina, além de rodas de liga leve de 15 polegadas e uma configuração mecânica robusta.

Um interior simples

Ao entrar o Santana, somos recebidos por um interior simples, mas funcional, adornado com tecido e couro sintético, um volante de uretano reminiscente dos clássicos Fuscas e uma série de características únicas que definem a experiência Volkswagen. Embora o sistema de infotainment venha com Baidu CarLife, há opções de upgrade disponíveis para integrar Apple CarPlay e Android Auto, garantindo que a conectividade e a conveniência estejam sempre ao alcance do motorista.

O Volkswagen Santana, com seu retorno triunfante, redefine o que esperamos de um sedã subcompacto. Ele combina a essência da engenharia alemã com um valor inigualável, oferecendo uma experiência de condução envolvente e prazerosa que desafia as expectativas. Este é um carro que pode parecer simples à primeira vista, mas uma vez ao volante, a verdadeira essência do Santana brilha, provando que a Volkswagen continua a ser uma força a ser reconhecida no mundo automotivo.

Sucesso do Volkswagen Santana no Brasil

Sucesso do Volkswagen Santana no Brasil

Em terras brasileiras, o Volkswagen Santana não foi apenas um veículo; transformou-se em um verdadeiro marco cultural, traçando o perfil de uma época onde design, robustez e confiabilidade se encontravam no topo das exigências do consumidor. Lançado em 1984, o Santana elevou a Volkswagen a um patamar de prestígio e confiança, cativando desde famílias em busca de conforto até profissionais que viam nele o parceiro ideal para o cotidiano corporativo.

Desenvolvido na Alemanha, o Santana chegou ao Brasil para suceder o Passat, assumindo o posto de carro-chefe da Volkswagen com a promessa de adaptabilidade às peculiaridades do mercado nacional. Com versões diversificadas e motorizações ajustadas ao gosto e às necessidades do consumidor brasileiro, o Santana rapidamente se firmou como um símbolo de sofisticação acessível.

A era dourada do Santana no Brasil

Os anos 80 e 90 testemunharam o apogeu do Santana no Brasil, uma era em que seu design sóbrio e elegante, somado a uma mecânica confiável e uma construção robusta, conquistou corações e garagens por todo o país. O Santana não era apenas um carro; era um status, um sinal de que quem o possuía valorizava qualidade, espaço e desempenho.

Ao longo de sua história no Brasil, o Santana soube se reinventar. Recebeu atualizações significativas, lançou versões como a Quantum e a Executivo, e se destacou pela inclusão de itens de conforto e segurança que, à época, eram considerados luxuosos. Direção hidráulica, vidros e travas elétricas, e ar-condicionado eram algumas das comodidades que faziam do Santana uma escolha sem igual no mercado.

No entanto, os ventos da mudança sopraram no início dos anos 2000, com o mercado brasileiro abrindo-se para modelos mais modernos e tecnologicamente avançados. Em 2006, a produção do Santana foi encerrada no Brasil, marcando o fim de um capítulo glorioso na história automobilística do país. Curiosamente, o Santana continuou a ser fabricado na China até 2012, evidenciando seu sucesso e aceitação em escala global.

Um legado incontestável

O Volkswagen Santana deixou uma marca indelével no Brasil, não apenas no mercado automotivo, mas também no coração e na memória dos brasileiros. Sua importância transcende a de um mero veículo, pois o Santana simboliza uma era de prosperidade, inovação e transformação na indústria automobilística e na sociedade brasileira. Hoje, exemplares bem preservados do Santana são tesouros cobiçados por colecionadores e entusiastas, evidenciando o respeito e a admiração que o modelo ainda desperta.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x