MODEC fecha contrato para construir mais um FPSO para Petrobras

MODEC fecha contrato para construir mais um FPSO para Petrobras

maio 12, 2018 Off Por Paulo Nogueira

Este FPSO será destinado ao Campo de Libra em contrato de 22 anos entre MODEC e a estatal, falta sabermos aonde ele será construído.

Modec assina acordo para a construção de mais um FPSO em parceria com Mitsui e Marubeni. Contratada em dezembro 17, para construir a unidade para a Petrobrás, a Modec anunciou nesta sexta-feira (11) o fechamento dos acordos com o grupo Mitsui e com a Marubeni para fazer investimentos no projeto Mero 1. Segundo os termos da parceria, Mitsui e a Marubeni investirão na Libra MV31 B.V, uma empresa holandesa criada pela Modec. Desta forma, o FPSO Mero 1, também chamado de Guanabara MV31, sendo 20% de participação da Modec; 32,4% da Mitsui & Co.; 20,6% da Mitsui O.S.K. Lines; 17,6% da Marubeni, e 9,3% da Mitsui E & S Holdings.

A embarcação será afretado por 22 anos para a Petrobrás e terá capacidade de processar até 180 mil barris por dia de petróleo e 12 milhões de metros cúbicos de gás por dia. O campo de Mero 1, ao noroeste de Libra, está localizado a aproximadamente 180 quilômetros do Rio de Janeiro. Modec contínua a nadar no oceano azul devido ao bom desempenho quem vem apresentando em produção, aliado a impossibilidade de participação de concorrentes envolvidos em processos judiciais, ainda sem data definida para assinatura de leniência.

Construção da Unidade

Estamos apenas especulando, mas com base no que a MODEC costuma fazer, ela deve construir parte do plataforma ou converter algum casco na Ásia e os módulos e outros equipamentos, serão integrados em estaleiros brasileiros, provavelmente na Brasfels, em Angra dos Reis, mas são apenas especulações, claro que torcemos sempre pelo melhor, já que a nossa industria naval está bem saturada e a China está pegando todos os contratos de construção que poderiam estar vindo para o setor Brasileiro.