Menu
Início Metanol no Ceará: Projeto Refinaria de Petróleo do Pecém tem novo acordo inédito milionário e iniciará construção de planta industrial em breve

Metanol no Ceará: Projeto Refinaria de Petróleo do Pecém tem novo acordo inédito milionário e iniciará construção de planta industrial em breve

22 de março de 2023 às 22:09
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
petróleo metanol refinaria ceará Pecém
Refinaria de Petróleo em Pecém poderá receber produção de metanol em breve | Foto: Canva Pro

Noxis Energy finalizou negociações de tecnologia para iniciar produção de metanol

A empresa Noxis Energy é responsável pelo Projeto Refinaria de Petróleo de Pecém (RPP), que fica no estado do Ceará e está dando um grande passo. Afinal, fechou um acordo com o grupo BlueNano para iniciar a produção de metanol. Nesse sentido, o Complexo Industrial e Portuário do Pecém vai ter uma nova planta indústria. Assim, novos investimentos surgirão.

O projeto Refinaria de Petróleo de Pecém é ambicioso e se constitui como o primeiro da iniciativa privada do Ceará dentro da categoria. Nesse sentido, o petróleo vem da PetroChina e a planta tem assistência da Chemex Global, dos Estados Unidos. O metanol será produzido a partir do gás natural. Continue a leitura para saber mais.

Artigos recomendados

Confira algumas notícias sobre o Porto de Pecém e o início das obras, que ocorreu em 2017, com o vídeo abaixo

Porto de Pecém com refinaria e metanol poderão contribuir muito para a transição energética | Reprodução – Youtube: TV Ceará

Projeto da Refinaria de Petróleo de Pecém terá aporte milionário e capacidade de 500 mil toneladas por ano

O setor de transporte marítimo tem alta demanda na região nordeste pelo metanol, um tipo de gás muito usado como combustível. Nesse sentido, a Noxis Energy, que está trabalhando no projeto da Refinaria de Petróleo do Pecém, resolveu buscar expandir a produção na região. Dessa forma, os custos associados à importação do gás serão menores.

Sendo assim, a empresa fechou o acordo com a BlueNano para incorporar a tecnologia de produção de metano no complexo. Assim, um investimento de US$ 450 milhões será necessário para colocar em prática a planta industrial voltada ao metanol. Contudo, estima-se que a produção anual ultrapasse 500 mil toneladas.

Noxis tem planos para estimular a produção de metanol a partir de fontes verdes, evitando o petróleo

Objetivo da empresa Noxis Energy é reduzir as fontes de combustíveis fósseis usadas na produção do metanol na região Nordeste. Para tanto, reduzir o uso de gás natural é um dos principais focos. Sendo assim, a BlueNano Group e a Noxis estudam a possibilidade de usar o gás carbônico de aterros sanitários em combinação com o hidrogênio verde para produzir o metanol.

Em consonância com esse pensamento, a Agência Internacional de Energia Renovável estima que, até o final do século XXI, o transporte marítimo precisará de 50 milhões de toneladas de hidrogênio verde. Afinal, ele será usado para produzir o metanol, que é muito usado no setor.

Vale destacar que o setor marítimo movimenta em torno de 3% das emissões de gases do efeito estufa no mundo todo. Ademais, o comércio mundial tem 90% do volume proveniente do transporte marítimo. Dessa forma, alternativas verdes podem reduzir o uso de petróleo e derivados.

A refinaria de Petróleo do Pecém e seus desdobramentos

O projeto Refinaria de Petróleo do Pecém teve um investimento inicial de US$ 1,3 bilhão para construção do complexo. A planta deverá preencher uma área de 106 hectares, chamada de Zona de Processamento de Exportação, no Ceará.

Esse complexo de Refinaria conta com a participação de profissionais de renome internacional, como o geólogo israelense Eitan Aizenberg. Ademais, os procedimentos para licenciamento ambiental e liberação de construção já estão em andamento.

Dessa forma, a estimativa da Noxis é de que a construção já tenha início em 2023, gerando milhares de empregos para a planta industrial. Contudo, o funcionamento está previsto para início em 2026.

Vale destacar que essa planta industrial é a primeira refinaria privada do Ceará e produzirá em torno de 100 mil barris por dia. Ademais, o foco será no tipo de combustível usado no setor marítimo, chamado de bunker.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar