Menu
Início Lula, atual Presidente da República, inicia o processo de recuperação da Ceitec, fábrica brasileira focada na produção de chips e semicondutores

Lula, atual Presidente da República, inicia o processo de recuperação da Ceitec, fábrica brasileira focada na produção de chips e semicondutores

11 de fevereiro de 2023 às 04:59
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
A Ceitec, fábrica brasileira que produz chips e semicondutores, permaneceu inativa por anos. Ao assumir o cargo de Presidente da República, Lula ordenou que a atual situação do espaço fosse investigada para poder pensar nos próximos passos.
Foto: Convergência Digital

A Ceitec, fábrica brasileira que produz chips e semicondutores, permaneceu inativa por anos. Ao assumir o cargo de Presidente da República, Lula ordenou que a atual situação do espaço fosse investigada para poder pensar nos próximos passos.

Ceitec, Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada, voltou a ser revisitado pelo Presidente Lula após passar um período parado. A fábrica lida com chips e semicondutores, com grande relevância para o país, principalmente em relação à produção de conhecimento na área. Até então, os direcionamentos do Presidente da República são para analisar a situação atual da fábrica e, a partir disso, pensar nas melhores formas de reaver o funcionamento pleno do Ceitec.

Ceitec é referência na área de chips e semicondutores. Caso Lula reative a fábrica, pode dar destaque ao Brasil na área da tecnologia diante de outros países da América Latina

O Centro é o único desenvolvedor e fabricante de chips e semicondutores de toda a América Latina, possuindo uma relevância tão grande na área da tecnologia e dá poder ao Brasil, servindo como um país de referência.

Artigos recomendados

A iniciativa do Presidente Lula foi criar, a princípio, um grupo para desenvolver possíveis estratégias visando a expansão do Ceitec no segmento do desenvolvimento de semicondutores.

A ideia é que o objetivo seja ampliado para nível nacional, capacitando diferentes regiões do Brasil para atuarem com a área.

O MCTI, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, ficou responsável por liderar o projeto e fazer um levantamento completo da situação atual da fábrica, assim como as opções que estão disponíveis nesse primeiro momento da reativação.

Maiores detalhes sobre a iniciativa ainda não foram divulgados, incluindo o nomes envolvidos no projeto ou os prazos estipulados para publicação dos resultados.

A reativação do Ceitec vem após uma tentativa de privatização promovida pelo ex-presidente da república, Jair Messias Bolsonaro. No entanto, nenhum órgão se dispôs a comprá-lo.

Como resposta, o governo tentou iniciar um processo de liquidação, mas o Tribunal de Contas da União (TCU) interveio para impedir que a iniciativa continuasse.

As últimas atualizações envolvendo o Ceitec, citadas anteriormente, datam do ano de 2021.

Investir no Ceitec é uma decisão que pode atrair lucros para o Brasil, além de também alimentar o mercado interno com materiais necessários ao comércio

A falta de investimentos no Ceitec já foi sentida no Brasil, como reforçado pela Anfavea, a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores.

Segundo o órgão, a produção de smartphones, aviões e automóveis, por exemplo, foi obrigada a parar pela falta de componentes eletrônicos, algo que poderia ser evitado pelo próprio Ceitec.

Em termos quantitativos, essa pausa forçada por falta de materiais fez com que o Brasil deixasse de produzir mais de 300 mil veículos em 2021.

Para evitar que o mesmo aconteça, o Ceitec voltou à pauta do governo através de uma proposta feita pelo Grupo de Trabalho de Ciência e Tecnologia, sob coordenação de Aloizio Mercadante, atual presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES).

Em sua fala, ele disse: “Esta é a escolha que o Brasil deve fazer: se ele quer ter o domínio, se ele quer se preparar, se ele quer atrair investimentos, se ele quer entrar nessa elite dos países que produzem chips e estão na vanguarda da tecnologia da informação, nós vamos ter que investir”.

Além disso, ele também complementou ao tratar a questão a nível mundial, colocando o país como o centro de grandes conquistas: “[O Brasil] pode ser uma grande opção na indústria de semicondutores para a criação de novos centros tecnológicos”.

A criação do grupo para investigar o Ceitec é uma forma de o Presidente Lula demonstrar que aceitou as sugestões dadas por especialistas. A situação atual da fábrica de chips e semicondutores deve ser divulgada em breve, assim como os próximos passos pensados para ela.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar