Lucros da Petrobras rende a Macaé R$ 62,30 milhões em royalties de petróleo neste mês de fevereiro


Lucros da Petrobras rende a Macaé R$ 62,30 milhões em royalties de petróleo neste mês de fevereiro

Royalties do petróleo: além de Macaé, outras cidades do RJ como Campos e São João da Barra foram muito beneficiadas com o lucro da Petrobras

O novo posicionamento estratégico da Petrobras, garante milhões em royalties de petróleo aos cofres de Macaé, Campos e São João da Barra, todas situadas no estado do Rio de Janeiro. Na última quinta, a petroleira estatal brasileira anunciou a marca inédita de superar pelo segundo mês consecutivo em produção de petróleo, os Emirados Árabes (terceiro maior produtor de petróleo da Opep).

Leia também

Com a desmobilização de ativos na banca internacional de leilões, como a venda da BR Distribuidora, assegurou à Petrobras lucro líquido de R$ 40,1 bilhões em 2019, ou alta de 55,7% sobre 2018. É a segunda notícia de recorde relativa ao repaginado modelo de negócio da Petrobras.

A fórmula da atual gestão passou pela ampliação de ofertas em leilões de novas áreas de exploração de petróleo, venda de subsidiárias como a TAG e BR Distribuidora, e um franco investimento em produção em novos campos.

A Petrobras foi prospectar esse lucro líquido de 2019, rompendo ciclos seguidos de prejuízos, apostando em uma área que interessa muito ao Estado do Rio: a produção. O desempenho da estatal ganhou gás com a alta de 13,7% na produção de petróleo e gás natural, no quarto trimestre de 2019, sobre mesmo período de 2018: mais de 3,025 milhões de barris de óleo equivalente diários (BOE/dia).

Essa performance de 2019 é superior à de 2010, quando o lucro foi de R$ 35,19 bilhões, a marca mais expressiva da Petrobras até agora. A estatal registrou prejuízos de 2014 a 2017, registrando lucro em 2018 de R$ 27,779 bilhões em 2018.

O relatório também informa um recorde de R$ 129,2 bilhões de Ebitda, que é o lucro operacional excluindo-se os juros, impostos, depreciação e amortização. Trata-se de um crescimento de 12,5% na comparação com 2018. Esse desempenho, segundo a estatal, foi alcançado graças aos menores custos de produção e menores contingências.

Royalties de petróleo

Os municípios produtores de petróleo localizados no norte fluminense do RJ, como Macaé, Campos e São João da Barra, registraram alta na arrecadação de royalties neste mês de fevereiro.

Os municípios encheram seus cofres na última sexta-feira (20). De acordo com o superintendente Wellington, todo esse aporte se deu graças a conjuntura favorável de aumento de produção somada com a cotação do barril de petróleo e câmbio do dólar.

“Se deu em face da variação de alta do dólar entre U$ 62 a U$ 70 em dezembro, mesmo com um câmbio caindo de R$ 4,22 a R$ 4,00 no mesmo período. Aliado a uma melhora na produção de forma mais expressiva no Pré-Sal com os campos de Lula e Buzios. É esperado um valor estável para março e uma queda em abril em decorrência da produção de fevereiro e em função da baixa na demanda por conta do coronavírus”, disse Wellington.

Dentre os contemplado a seguir, Macaé foi o município que maior se beneficiou, contando com R$ 62,30 milhões contra o depósito anterior de R$ 55,51 milhões, uma alta de +12,2%, referente ao mês passado.

Campos recebeu R$ 27,320 milhões contra R$ 24,45 milhões do repasse de janeiro (+11,8%), Cabo Frio irá a R$ 12,638 milhões contra R$ 11,50 milhões (+9,9%).

Rio das Ostras capta R$ 11,29 milhões contra R$ 9,83 milhões (+14,8%), e São João da Barra R$ 8,410 milhões contra R$ 7,88 milhões (+6,6%).

Faça o Curso de Inglês Autodidata

A economia brasileira está mais próximo do que nunca de empresas globais. A necessidade de funcionários  que tenham no minimo inglês intermediário cresce mas os empregadores têm dificuldades de encontrar candidatos que têm noções do idioma. O curso A Jornada do Inglês Autodidata vem sanando este problema de muitos alunos, com um método fácil e inovador. Assistam aqui os depoimentos reais de estudantes que adquiram o curso e depois façam suas matrículas também.


Flavia Marinho

Sobre Flavia Marinho

Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.