Menu
Início Japão choca o mundo e constrói o maior navio matador de baleias do planeta: a impressionante embarcação de 112,6 metros promete navegar até os remotos mares da Antártica para caçar esses mamíferos gigantes

Japão choca o mundo e constrói o maior navio matador de baleias do planeta: a impressionante embarcação de 112,6 metros promete navegar até os remotos mares da Antártica para caçar esses mamíferos gigantes

10 de junho de 2024 às 05:05
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
navio - baleias - Japão
Japão lança nova nave-mãe de caça de baleias de US$ 48 milhões para manter a indústria em ação e o mundo entra em estado de alerta

Japão lança nova nave-mãe de caça de baleias de US$ 48 milhões para manter a indústria em ação e o mundo entra em estado de alerta

Em 21 de maio, o Japão marcou um novo capítulo em sua longa história de caça às baleias com o lançamento do Kangei Maru, seu mais recente e avançado navio-fábrica baleeiro. Partindo do porto de Shimonoseki, essa impressionante embarcação de $48 milhões exibe dimensões colossais de 112,6 metros de comprimento por 21 metros de largura e pesa aproximadamente 9.299 toneladas. Com uma capacidade de atingir velocidades de até 13.000 quilômetros, o Kangei Maru está apto a navegar até os remotos mares da Antártica.

O Kangei Maru, atuando como navio-mãe, desempenha um papel crucial ao receber as baleias capturadas por embarcações menores, onde a carne é abatida, verificada e congelada em uma unidade de processamento a bordo. Hideki Tokoro, presidente da Kyodo Senpaku, a empresa proprietária do navio, destacou na cerimônia de partida: “Estamos unidos para preservar a cultura da caça às baleias para sempre.”

Artigos recomendados

Conheça o maior navio de caça de baleias de US$ 48 milhões

Caça às baleias fin são extremamente preocupantes: Elas são a segunda maior espécie de baleia do planeta

Este avanço surge após o governo japonês ter autorizado, em 9 de maio, a caça às baleias fin, elevando para quatro o número de espécies de baleias caçadas comercialmente no Japão: baleias minke, sei, de Bryde e fin. Organizações de conservação global estão em estado de alarme com a decisão do Japão de ampliar suas atividades baleeiras, interpretando-a como um grande revés nos esforços para proteger esses majestosos mamíferos marinhos.

“Os novos planos de caça às baleias fin são extremamente preocupantes. Elas são a segunda maior espécie do planeta. A caça causa imenso sofrimento devido ao tamanho desses animais, sem mencionar o tempo significativo entre o primeiro arpão e a morte,” afirmou Nicola Beynon, chefe de campanhas da Humane Society International (HSI) na Austrália.

Adam Peyman, diretor de programas de vida selvagem da HSI, reforçou: “Todas as espécies de baleias enfrentam uma série de ameaças em seus habitats marinhos, incluindo mudanças climáticas, poluição sonora, colisões com navios e captura acidental nas pescarias. Não existe justificativa nutricional, científica ou moral para a matança desses gigantes oceânicos.”

Japão reiniciou a caça comercial às baleias sob o pretexto de pesquisa científica.

Desde que deixou a Comissão Internacional da Baleia (IWC) em 2019, o Japão reiniciou a caça comercial às baleias sob o pretexto de pesquisa científica. Países como Noruega, Dinamarca/Grønland, Islândia, Rússia e Japão têm ignorado a moratória da IWC, perpetuando a caça às baleias.

A recente iniciativa do Japão para revitalizar a caça inclui uma vigorosa campanha de relações públicas destinada a combater a “mídia anti-baleeira unilateral”. Embora algumas populações de baleias tenham mostrado recuperação graças à moratória da IWC, muitas continuam ameaçadas por novos desafios, como as mudanças climáticas e a poluição. O sofrimento infligido às baleias durante as caçadas comerciais permanece uma preocupação ética central.

Com o lançamento do Kangei Maru, o Japão reafirma seu compromisso com a controvérsia cultural e econômica da caça a esses mamíferos gigantes, mesmo diante de uma crescente oposição global.

Adoraria saber se você o que você achou dessa notícia. Conte para nós na seção de comentários. Não se esqueça de deixar 5 estrelas e ativar as notificações do CPG para acompanhar todas as novidades do mundo. Até a próxima!

Inscreva-se
Notificar de
guest
135 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
135
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x