MENU
Menu
Início Inovação verde: Amazon e a revolução do hidrogênio em empilhadeiras

Inovação verde: Amazon e a revolução do hidrogênio em empilhadeiras

22 de janeiro de 2024 às 19:02
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
política da Amazon para empilhadeiras
Foto: Reprodução/Amazon

Amazon adota hidrogênio verde para transformar logística

Em uma jogada inovadora, a Amazon uniu forças com a Plug Power, mirando uma revolução energética no setor logístico. O acordo pioneiro promete um fornecimento substancial de hidrogênio verde à gigante do varejo, sinalizando uma transição gradual do hidrogênio cinza e outros combustíveis fósseis. Esse movimento audacioso não apenas fortalece a sustentabilidade operacional da Amazon mas também marca um avanço significativo na adoção de energias renováveis.

A estratégia da Amazon em abraçar o hidrogênio verde reflete seu compromisso contínuo com práticas de negócios sustentáveis. Com a expectativa de receber cerca de 10.950 toneladas de hidrogênio verde anualmente a partir de 2025, a empresa demonstra não apenas liderança em sustentabilidade, mas também pioneirismo na promoção de uma matriz energética mais limpa e renovável.

Artigos recomendados

Rumo à autossuficiência: a meta do hidrogênio verde da Amazon

A motivação por trás da escolha da Amazon em produzir seu próprio hidrogênio verde é multifacetada. O processo começa com a eletrólise da água, empregando energia de fontes renováveis, como solar e eólica. Dentro dos centros de distribuição da Amazon, células de eletrólise avançadas separam as moléculas de água em hidrogênio e oxigênio, que são então armazenados em tanques de alta pressão.

Sob a liderança visionária de Kara Hurst, Vice-Presidente de Sustentabilidade Global, a Amazon está avançando em seu compromisso de produzir internamente o hidrogênio verde. Essa estratégia alinha-se com a missão da empresa de reduzir a pegada de carbono, especialmente em setores com altas emissões, como transporte de longa distância e fabricação de aço.

A parceria estratégica com a Plug Power é um pilar nesse processo, ampliando a disponibilidade e demanda de hidrogênio verde. Dean Fullerton, Vice-Presidente de Serviços Globais de Engenharia e Segurança, destaca que a infraestrutura já instalada em mais de 70 centros de distribuição facilita a transição para o uso de hidrogênio verde, inicialmente em empilhadeiras e, futuramente, em caminhões elétricos de células a combustível.

Impacto ambiental e econômico do hidrogênio como combustível

O uso do hidrogênio como combustível traz benefícios tangíveis tanto para o meio ambiente quanto para a economia. A adoção desse combustível não só contribui para a diminuição das emissões de carbono, mas também promove a diversificação da matriz energética, aumentando a eficiência energética e reduzindo a dependência de combustíveis fósseis. Essa transição não apenas impulsiona o crescimento econômico, mas também abre caminho para a integração com energias renováveis, fortalecendo a transição global para uma economia de baixo carbono.

No entanto, a jornada rumo ao hidrogênio verde não está isenta de desafios. Questões como custos de produção, eficiência da eletrólise, desenvolvimento de infraestrutura de armazenamento e distribuição, e a competição com outras fontes de energia renovável estão no centro do debate. Além disso, a necessidade de políticas de incentivo e a superação de desafios regulatórios e políticos são cruciais para a expansão desse mercado.

Desafios regulatórios e políticos para o mercado de hidrogênio verde

A expansão do mercado de hidrogênio verde está intrinsecamente ligada à superação de barreiras regulatórias e políticas. A necessidade de clareza regulatória, investimentos substanciais em infraestrutura, cooperação internacional e o desenvolvimento de tecnologias de armazenamento são apenas alguns dos desafios a serem enfrentados. No cenário brasileiro e global, a implementação de uma estrutura regulatória clara e a promoção de incentivos governamentais serão decisivos para a viabilização e o crescimento do mercado de hidrogênio verde.

Em resumo, a parceria entre a Amazon e a Plug Power é um marco significativo na busca por soluções energéticas sustentáveis. Apesar dos desafios existentes, a adoção do hidrogênio verde como combustível é um passo promissor em direção a um futuro mais sustentável, posicionando a Amazon na vanguarda da inovação verde e da transformação logística.

Fonte: Allan Santana /  Assessor de Imprensa – Amazon.

Inscreva-se
Notificar de
guest
Para confirmar a sua inscrição e receber notificações quando alguém responder seu comentário, coloque o e-mail no-reply@clickpetroleoegas.com.br na lista de contato confiáveis, as vezes a mensagem pode cair na caixa de lixo/spam, então verifique nestas pastas também.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x