Menu
Início Infraestrutura de transportes de SC precisa receber mais de 18 bilhões de investimento para oferecer segurança e eficiência

Infraestrutura de transportes de SC precisa receber mais de 18 bilhões de investimento para oferecer segurança e eficiência

19 de janeiro de 2023 às 20:10
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Infraestrutura de transportes de SC precisa receber mais de 18 bilhões de investimento para oferecer segurança e eficiência
Infraestrutura de transportes de SC precisa receber mais de 18 bilhões de investimento para oferecer segurança e eficiência (Foto/divulgação)

Segundo a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), o estado precisa investir 18,4 bilhões de reais em sua infraestrutura de transportes de SC de transporte entre 2023 e 2026 para atender a padrões suficientes para garantir a segurança e a eficiência do sistema.

Esses dados sobre a infraestrutura de transportes de SC fazem parte da agenda estratégica da indústria catarinense de infraestrutura de transporte e logística. O estudo considerou todos os modos de transporte e áreas de governo, bem como o setor privado.

Infraestrutura de transportes de SC leva em conta todos os tipos de estradas. A agenda leva em conta a necessidade de investimentos federais (R$ 5,43 bilhões), estaduais (R$ 7,54 bilhões), municipais (R$ 241 milhões) e privados (R$ 5,2 bilhões). No que diz respeito à modalidade, a necessidade identificada é de R$ 14,5 bilhões para rodovias – manutenção e manutenção; duplicação e aumento de capacidade.

Artigos recomendados

Do valor necessário para o modelo viário, para a BR, a Fiesc defende que o investimento ideal é de 400 milhões de reais (pelo menos 250 milhões de reais). Já para as estradas nacionais, o valor proposto é de R$ 200 milhões (pelo menos R$ 120 milhões). No segmento aquaviário (incluindo portos), R$ 1,72 bilhão; no modal ferroviário, R$ 985 milhões; na aviação, R$ 695 milhões; nos sistemas dutoviários, R$ 510 milhões. O presidente da Fiesc falou sobre a importância de investir.

Competitividade

Para melhorar a infraestrutura de transportes de SC, o investimento em infraestrutura compensa com aumento de impostos. Isso deve ser uma política nacional. Por isso, buscamos ampliar o debate entre juízes federais e órgãos do Poder Executivo. A competitividade do Brasil ocupa apenas a 59ª posição entre 63 países. Em infraestrutura, o Brasil ocupa a 53ª posição entre 63 países.

O estado de Santa Catarina ocupa o 19º lugar no Brasil em qualidade de estradas, o segundo em número de acidentes, o segundo em número de acidentes com vítimas e o quarto em mortes. De 2011 a 2021, foram 142,1 mil acidentes e 5 mil mortes nas rodovias federais catarinenses.

Cerca de 68% das rodovias catarinenses foram classificadas como ruim, ruim ou regular, deixando bem claro a necessidade de melhorias na infraestrutura de transportes de SC. A mesma pesquisa classificou o trecho da BR-163, em Santa Catarina, como a pior rodovia federal do Brasil. Ela foi considerada muito ruim em três grupos de características analisadas pelo estudo: condição da pavimentação, condição da pista e legibilidade da sinalização e geometria da pista.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar