MENU
Menu
Início Indústria brasileira busca ampliar sua capacidade produtiva

Indústria brasileira busca ampliar sua capacidade produtiva

17 de abril de 2024 às 14:54
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Indústria brasileira
Foto: aleksandarlittlewolf / Freepik

Grandes empresas nacionais intensificam investimentos e geram otimismo no mercado

Após enfrentar um período turbulento marcado pela pandemia da Covid-19, o setor industrial do Brasil mostra sinais de recuperação e otimismo. Segundo o relatório “Investimentos na Indústria 2023-2024” divulgado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), há uma tendência crescente de investimento entre as grandes empresas brasileiras, com previsões positivas para os próximos anos.

Este estudo aponta que um aumento significativo no número de empresas que planejam retomar ou intensificar seus investimentos até 2025 já está em curso. Deste grupo, um terço indica que os planos de investimento serão implementados ainda neste ano. A pesquisa revela que 40% das empresas focam no mercado doméstico, 20% no internacional e 31% em ambos os mercados.

Artigos recomendados

Estratégias para aumentar a capacidade produtiva

As empresas estão investindo em várias frentes para expandir e melhorar sua capacidade produtiva. Cerca de 42% das empresas planejam aplicar seus investimentos na expansão e na melhoria de suas operações. Uma das estratégias chave é a adoção de novas tecnologias e automações, que incluem desde a aquisição de maquinário moderno até a implementação de robótica e Inteligência Artificial, reduzindo erros e aumentando a velocidade de produção.

Além disso, sistemas como o ERP industrial têm se tornado fundamentais. Essas ferramentas de gestão integram diferentes áreas da empresa, otimizando processos e impulsionando resultados. Estes recursos, que são acessíveis para empresas de todos os tamanhos, podem ser cruciais para manter a competitividade no mercado global.

sistema ERP industrial é outro exemplo do uso da tecnologia a favor da indústria. A ferramenta de gestão é capaz de integrar diferentes áreas, contribuindo para a otimização de processos e alavancando os resultados.

O recurso não é exclusivo para grandes empresas, sendo possível encontrar alternativas para negócios de diferentes portes. No mercado, há softwares, como o Nomus ERP Industrial, desenvolvidos para atender a realidade de pequenas e médias indústrias.

Inovação e desenvolvimento de novos produtos

O investimento em pesquisa e desenvolvimento também é um pilar fundamental para as empresas que desejam aumentar sua oferta de produtos e, consequentemente, sua capacidade produtiva. Ao inovar, as indústrias não apenas expandem seu catálogo de produtos, mas também fortalecem sua posição competitiva no mercado.

Dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) destacam que os setores mais inovadores são os de fabricação de máquinas e equipamentos, produtos eletrônicos, produtos químicos, e máquinas, aparelhos e materiais elétricos. Essa tendência à inovação é essencial para manter a relevância e adaptabilidade das indústrias brasileiras frente a um cenário econômico global em constante mudança.

Investimento em capital humano e gestão de estoque

Quase metade das indústrias brasileiras enfrenta desafios na contratação de mão de obra qualificada. Para superar esse gargalo, muitas empresas estão investindo em treinamentos técnicos contínuos, elevando a qualificação de seus colaboradores para atender às demandas de um mercado cada vez mais técnico e especializado.

A eficiência na gestão de estoques também é vista como um fator crítico para o sucesso operacional. Investimentos adequados nesta área podem prevenir atrasos na produção causados pela falta de insumos, garantindo uma linha de produção mais ágil e menos sujeita a interrupções.

Conclusão

A indústria brasileira está claramente em um caminho de renovação e fortalecimento. Com a retomada dos investimentos e o foco em tecnologia, inovação e qualificação profissional, as expectativas são de que a capacidade produtiva do país continue crescendo, contribuindo para uma economia mais robusta e competitiva.

Fonte: Camila Borges.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x