Menu
Início Incrível descoberta de Carajás: A maior província mineral do mundo é no Brasil, com recursos estimados em mais de 18 bilhões de toneladas de minério de ferro de alto teor e outros minerais valiosos

Incrível descoberta de Carajás: A maior província mineral do mundo é no Brasil, com recursos estimados em mais de 18 bilhões de toneladas de minério de ferro de alto teor e outros minerais valiosos

16 de maio de 2024 às 07:08
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
ferro - minério - mineração - Vale - manganês - terras raras - jazidas - ouro - diamante - Carajás
Descoberta de Carajás mudou a história da Vale e do minério de ferro no Brasil, colocando o país como um dos principais produtores e exportadores desse recurso natural no mundo!

Descoberta de Carajás mudou a história da Vale e do minério de ferro no Brasil, colocando o país como um dos principais produtores e exportadores desse recurso natural no mundo!

Você provavelmente já ouviu falar dos filmes de Indiana Jones, nos quais ele sai em busca de tesouros escondidos nos cantos mais remotos do planeta. Mas a história que você lerá hoje é igualmente fascinante, porém, real. Trata-se de uma revolução na mineração, a descoberta da maior província mineral do mundo, a província Carajás, localizada no estado do Pará, que mudou a história da Vale e do minério de ferro no Brasil!

Esta história acompanha um grupo de jovens geólogos que se aventurou em busca do desconhecido, enfrentando desafios e perigos na selva amazônica. A expedição foi liderada pelo geólogo Breno Augusto dos Santos, e o resultado foi uma descoberta que mudou a história da mineração no Brasil.

Artigos recomendados

United States Steel (USS), a maior siderúrgica do mundo na época, iniciou um programa de exploração mineral no Brasil com o objetivo de encontrar manganês

Na década de 60, a United States Steel (USS), a maior siderúrgica do mundo na época, iniciou um programa de exploração mineral no Brasil com o objetivo de encontrar manganês, um minério estratégico devido à Guerra Fria.

A região norte do Brasil chamou a atenção da USS, e a empresa deu início ao programa através de sua subsidiária, a Companhia Meridional de Mineração. Breno Augusto dos Santos, recém-demitido de outra empresa concorrente de manganês, foi contratado como um dos geólogos da expedição.

Durante uma visita à cidade de Marabá, no sudeste do Pará, Breno conheceu um caçador de onças que havia encontrado algumas pedras escuras. Os geólogos identificaram essas pedras como sendo manganês. A notícia se espalhou e logo a USS ficou sabendo da existência de manganês na região. A empresa decidiu explorar a área e deu início à expedição liderada por Breno e sua equipe.

Desafios na floresta amazônica em busca do manganês

A expedição enfrentou diversos desafios ao adentrar na floresta amazônica em busca do manganês e ferro. A região era pouco explorada e não oferecia infraestrutura adequada para as atividades de mineração.

Além disso, havia o medo de encontrar índios hostis e animais selvagens. A equipe contava com três helicópteros que eram essenciais para o transporte e a realização dos trabalhos de campo em regiões mais distantes.

A descoberta do ferro em Carajás

Durante um sobrevoo na área, Breno e sua equipe avistaram uma clareira na floresta e decidiram pousar para investigar. Durante a inspeção, Breno encontrou rochas de ferro em vez de manganês. Foi nesse momento, em 31 de julho de 1967, que foi constatada a presença de minério de ferro em Carajás. A descoberta do ferro foi o começo de uma jornada ainda maior.

Após a descoberta do ferro, Breno sobrevoou a região e constatou que as clareiras observadas anteriormente também continham ferro. A equipe continuou explorando a área e, em pouco tempo, descobriu a presença de outros minérios, como cobre, níquel e ouro. Carajás se tornou uma região de riqueza mineral inigualável.

Carajás se tornou a maior província mineral do mundo

Carajás se tornou a maior província mineral do mundo, com recursos estimados em cerca de 18 bilhões de toneladas de minério de ferro de alto teor. Além disso, a região é fonte de outros minérios valiosos, contribuindo para a economia brasileira e mundial.

A Vale do Rio Doce, atualmente denominada Vale, adquiriu parte das áreas de Carajás e se tornou uma das maiores empresas de minério de ferro e mineração do mundo.

A história da descoberta de Carajás é marcada por coincidências, reviravoltas e coragem

Após a descoberta, cada geólogo seguiu seu caminho. Alguns continuaram na pesquisa e exploração de Carajás, enquanto outros se dedicaram a outros projetos. A história da descoberta de Carajás é marcada por coincidências, reviravoltas e coragem. Cada detalhe se encaixou como um quebra-cabeça para que essa descoberta pudesse acontecer.

A história da descoberta de Carajás é um feito histórico que será sempre lembrado pela sua importância para o mundo da mineração. Carajás é uma região única, com recursos minerais abundantes e de alto teor. Sua descoberta mudou a história da Vale e do minério de ferro no Brasil, colocando o país como um dos principais produtores e exportadores desse recurso natural. A jornada dessa expedição nos mostra o potencial e a riqueza do nosso planeta, que ainda guarda muitos segredos a serem explorados.

Adoraria saber se você já conhecia a história de Carajás. Conte para nós na seção de comentários se você é morador da região ou se já conheceu pessoalmente essa incrível província mineral. Não se esqueça de deixar 5 estrelas e ativar as notificações do CPG para acompanhar todas as novidades do mundo da mineração. Até a próxima!

Inscreva-se
Notificar de
guest
25 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
25
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x