Início Honda e Sony fecham parceria para produção de carros elétricos com foco nos serviços de mobilidade

Honda e Sony fecham parceria para produção de carros elétricos com foco nos serviços de mobilidade

6 de março de 2022 às 12:02
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Honda - Sony - multinacional - montadora - carros elétricos - mobilidade
Presidente-executivo da Sony Corp, Kenichiro Yoshida, e Toshihiro Mibe, da Honda Motor, participam de uma coletiva de imprensa conjunta na sede da Sony em Tóquio 04/03/2022 REUTERS/Kim Kyung-Hoon

A líder de tecnologia Sony e a montadora Honda assinaram um “memorando de entendimento”, na sexta-feira, 4, que determina que as duas gigantes japonesas formem uma nova empresa para fabricar carros elétricos com foco em serviços de mobilidade urbana.  

O que acontece quando uma montadora como a Honda se une a uma empresa de tecnologia como a Sony para criar uma nova marca de carros elétricos? O mundo pode descobrir em um futuro não tão distante, já que as duas gigantes da indústria anunciaram na sexta (04) que trabalharão juntas para desenvolver e vender novos veículos elétricos com foco em serviços de mobilidade.

Leia também

Comunicado oficial das empresas

Enquanto a Honda e a Sony ainda estão negociando os detalhes de tal parceria, elas disseram em comunicado conjunto que o objetivo é criar a nova empresa dentro de um ano. O plano ambicioso também inclui a venda do primeiro modelo de carro elétrico da marca recém-formada até 2025, com planos adicionais para comercializar e fornecer serviços de mobilidade.

A nova empresa ainda não foi nomeada, mas o plano de negócios é que ela lide com os aspectos de design, desenvolvimento, planejamento e vendas. No entanto, a Honda será encarregada de fabricar os veículos usando suas instalações. A Sony será responsável pela construção da plataforma para o serviço de mobilidade.

“Embora a Sony e a Honda sejam empresas que compartilham muitas semelhanças históricas e culturais, nossas áreas de especialização tecnológica são muito diferentes”, disse o CEO da Honda Motor, Toshihiro Mibe, em comunicado na sexta-feira.

Honda quer vender apenas carros elétricos e a hidrogênio até 2040

A Honda disse no ano passado que está comprometida em vender apenas veículos movidos a bateria elétrica e célula de combustível de hidrogênio até 2040. O aumento gradual desses tipos de veículos nas próximas duas décadas coincidirá com o declínio da produção e a eventual eliminação das ofertas de combustão interna da montadora.

Espera-se que os dois primeiros dos novos modelos elétricos da marca – criados em parceria com a GM e não parte da equipe da Sony – cheguem ao mercado a partir de 2024, sendo um o Honda Prologue e o outro parte do premium da Acura.

No anúncio conjunto das empresas, a Sony exibiu seu protótipo de crossover elétrico Vision-S 02 da feira de tecnologia CES. Isto, além de um sedã elétrico Vision-S01 anterior, já havia indicado a intenção da Sony de entrar no mercado de EV em algum nível.

Parceria com empresas japonesas sinalizam um ‘boom’ no mercado de carros elétricos

A Toyota, por exemplo, está realizando parcerias com rivais da sua região, como Subaru, Mazda e Suzuki para desenvolver em conjunto um chassi de carros elétricos e focar em uma divisão apenas de motores à combustão – um acordo que permite dividir o custo. Enquanto isso, o CEO da Toyota, Akio Toyoda, revelou pessoalmente planos em dezembro para trazer 30 modelos de veículos elétricos ao mercado até 2030.

“A Honda tem sido a mais lenta de todas no que diz respeito ao suporte a carros elétricos e mobilidade, em parte porque nunca viram a necessidade de investir no que ainda é, para muitos na indústria, um segmento não lucrativo”, disse Schmidt, especialista em elétricos, à revista Fortune.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes