Heliporto do Porto do Açu tem obras e operações suspensas pela Comarca de São João da Barra

Flavia Marinho
por
-
28-01-2021 16:38:34
em Petróleo, Óleo e Gás
Porto do Açu - São joão da barra - heliporto

O heliporto do Porto do Açu tem o objetivo de atender o offshore das plataformas instaladas no Norte da Bacia de Campos e no Sul da Bacia do Espírito Santo.

As obras e operação do Heliporto do Porto do Açu foram suspensas pela Comarca de São João da Barra por falta de licenciamento ambiental. A decisão, foi assinada pelo juiz em exercício Glicerio de Angiolis Gaudard, em 18 de janeiro, atendendo a um pedido do Grupo de Defesa Ambiental (GDA), numa ação movida contra o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) e a Aeropar Participações Aeroportuárias S.A., responsável pelo empreendimento.

ANÚNCIO

Leia também

Destino do heliporto – ser público ou privado?

Quando o INEA concedeu a licença para a obra, o mesmo levou em consideração que o empreendimento é privado, o que o liberaria da apresentação de dois documentos: o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA).

Porém, no entendimento do magistrado, o heliporto será dedicado a voos offshore, “o que muito provavelmente mostrar-se-á incompatível com um aeródromo privado”. Neste caso, seria obrigatória a elaboração do EIA/RIMA. Partindo deste raciocínio, o juiz Glicerio Gaudard determinou a suspensão das obras e proibiu que o heliporto entre em operação até que se comprove sua real destinação.

O Porto do Açu e, por meio de nota, disse que “cumpre integralmente todas as normas e legislações vigentes nas atividades do empreendimento. O Aeródromo Norte Fluminense é de responsabilidade do Grupo Aeropart, que iniciou suas obras somente após licença ambiental emitida pelo INEA”.

Heliporto do Porto do Açu, em São João da Barra

Com as obras em fase de tratamento final e previsto para operar até o final do primeiro semestre de 2021, o Heliporto do Porto do Açu, em São João da Barra, possui uma área total de 210 mil m², com capacidade para pouso e decolagem de 20 aeronaves de grande porte com embarque e desembarque de 30 mil pessoas/mês.

O heliporto do Açu também foi projetado para ser uma das bases de embarque e desembarque de trabalhadores para as plataformas de produção de petróleo em alto-mar na Bacia de Campos.

Composto do que existe de mais avançado em infraestrutura, o Heliporto do Açu é um dos mais modernos do Brasil. Uma das vantagens do Açu é estar mais próximo da região petrolífera.

O empreendimento ainda tem o objetivo de atender ao apoio offshore das plataformas instaladas no Norte da Bacia de Campos e no Sul da Bacia do Espírito Santo.


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.