Menu
Início Geração de energia solar ultrapassa a Usina de Itaipu e chega a 14 gigawatts de potência instalada. Segmento teve mais de R$76 bilhões em investimento e atende 1,7 milhão de unidades no Brasil

Geração de energia solar ultrapassa a Usina de Itaipu e chega a 14 gigawatts de potência instalada. Segmento teve mais de R$76 bilhões em investimento e atende 1,7 milhão de unidades no Brasil

21 de outubro de 2022 às 01:44
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
energia solar usina de itaipu investimento
Geração de energia solar está superando a energia obtida a partir da maior hidroelétrica do Brasil, a usina de Itaipu | Foto: Absolar

ABSOLAR aponta que mais de 5,5 milhões de municípios usam energia solar, tendo a geração superior à da Usina de Itaipu

A energia solar é um dos segmentos que mais cresce no Brasil nos últimos anos e alcançou o marco impressionante de 14 gigawatts de geração instalada. Esse montante supera a capacidade de geração da Usina Hidroelétrica de Itaipu, uma das maiores fontes de energia no Brasil. Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), o ramo de energia solar teve investimento de mais de R$76,7 bilhões, incluindo em inovação, o que favoreceu esses resultados.

Atualmente, o Brasil conta com mais de 1,7 milhões de unidades consumidoras de energia solar e elas estão distribuídas entre 5,5 mil municípios brasileiros. Ou seja, de norte a sul, de leste a oeste, o Brasil tem energia solar para surpreender a todos. As unidades consumidoras contemplam indústrias, comércios, prédios públicos e residências. Quer saber mais? Continue abaixo.

Artigos recomendados

Saiba mais sobre o panorama de geração de energia solar no Brasil com o vídeo abaixo

Reprodução – Youtube: Band Jornalismo

Números de capacidade instalada de energia solar impressionam, segundo os dados da ABSOLAR

Segundo a ABSOLAR, o Brasil tem mais de 1,3 milhão de painéis solares ou sistemas fotovoltaicos conectados em rende, dentre 1,7 milhões de unidades consumidoras. Desde 2012, foram bilhões investidos no segmento para estimular o crescimento, o que gerou mais de 420 mil vagas de emprego em diversos cantos do país.

Sendo assim, o segmento de energia solar trouxe uma arrecadação de R$ 17,9 bilhões e uma capacidade instalada de 14 gigawatts. Dessa forma, a somatória da energia gerada a partir dos painéis solares espalhados no Brasil ultrapassa a capacidade da hidroelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo e a maior das Américas.

Nesse sentido, os estados que lideram a produção de energia solar no Brasil são: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso. No entanto, os demais estados também contribuem de forma significativa para os números alcançados em 2022.

CEO da ABSOLAR aponta que 2022 é o melhor ano do segmento da última década

Devido a esses números impressionantes, Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR, aponta que 2022 é o ano de maior geração de energia solar no Brasil da última década. Nesse sentido, ele estima um cenário muito positivo e de maior crescimento para os próximos anos.

“Do final de 2021 para outubro deste ano, a geração própria de energia solar saltou de 8,4 GW para 14 GW de potência instalada, um crescimento 66,7%, enquanto os investimentos saltaram neste período de R$ 42,4 bilhões para R$ 76,7 bilhões, um aumento de 80,9%”.

Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR (2022).

Nova lei nº 14.300/2022 vai trazer algumas modificações para a instalação de painéis solares em residências e empresas

Se você ficou encantado com esses números e deseja instalar um sistema fotovoltaico ou painel em sua residência, ou comércio, fique atento. Afinal, você tem 80 dias para fazer essa solicitação e instalação sem ser afetado pelas modificações da nova lei nº 14.300/2022 que foi aprovado no início de 2022 e traz algumas regras.

Segundo a redação dessa nova lei, existirão novas regras – e até mais burocráticas – para solicitação de parecer de acesso de sistemas de geração própria para este tipo de energia.  

“O crescimento acelerado dos sistemas fotovoltaicos em residências e pequenos negócios está ligado a fatores como o alto custo da energia elétrica no País, o barateamento dos preços do sistema solar e o período de transição previsto na lei, que garante até 2045 a manutenção das regras atuais aos consumidores que instalarem um sistema solar no telhado até janeiro de 2023.”

Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR (2022).

Sendo assim, se você quer ter uma energia limpa e sustentável sem ter grande burocracia, aproveite os últimos dias. Assim, você poderá ter maios facilidade na instalação dos seus painéis.  


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar