Gelo combustível será a energia do futuro: A China conseguiu extrair finalmente esta nova fonte

A China é a primeira nação a extrair combustível do gelo

Comemorando muito, a China é a primeira nação que conseguiu extrair o chamado “Gelo Combustível” em águas super profundas em maio

A China acabou de ganhar o título de primeira nação a extrair gás natural a  partir do gelo em águas profundas e super profundas. Apelidado carinhosamente de “gelo combustível”, esta novo insumo já é considerada a energia do futuro, apesar de muitas entidades alertaram sobre as consequência desse tipo de extração.

Incessantemente por cerca de 8 dias de trabalho no mês de maio, a China conseguiu captar 8.350 metros cúbicos por dia deste novo tipo de combustível, diz o ministro chinês Jiang Daming. Ele ainda endossa que finalmente o país viverá uma “verdadeira revolução energética”.

O chefe do Ministério de Geologia da China, Li Jinfa, chegou a conclusão que os estoques de gelo combustível em suas águas equivale a 80 mil toneladas de petróleo, que supriria as demandas de energia do país por cerca de 20 anos ou mais.




Mas afinal, como é possivel extrair combustível do gelo?

Acontece que o gelo combustível é um uma matéria composta de água e gás natural. Ele é encontrado apenas em águas profundas e gélidas no ambiente marinho.

Achado pela primeira vez na antiga União Soviética  nos anos 60, este tipo de combustível tem literalmente a forma de gelo, mas quando é derretido e desprovido de pressão, à águas é removida liberando o gás natural. Ele foi produzido por milhares de anos por excrementos de bactérias que vivem nas profundezas do oceanos ou no permafrost (solo permanentemente congelado).

Existe diversos tipos de gelo combustível, mas a China foi bem sucedida no tipo  hidrato de metano, ao qual é o mais abundante atualmente.

A instituição de pesquisa Efe diz que este tipo de combustível fóssil é uma fonte limpa e bem abundante e que a questão agora e trabalhar em tipo de tecnologia que seja capaz de extraí-lo em grande escala e que seja comercialmente viável.

Gelo combustível
                                                               Gelo combustível




Interessados e desinteressados

Naturalmente, a China e o Japão estão muito interessados por 2 fatores muitos simples: Eles tem um consumo de energia colossal mas quase não há fontes de energia, dependendo muito de outros países para suprir as demandas energéticas de suas nações, mas eles esperam virar este jogo tão antes quanto possível.

Mesmo assim, ainda há indagações e medos, porque não se sabe o tipo de impacto que acarretaria este tipo de extração em grande escala ao meio ambiente.

O metano tem um potencial de explosão muito grande e que na verdade, é um risco sem precedentes! Sendo mais forte que o óxido de carbono, este gás poderia também impactar muito para o aquecimento global.

O governo chinês falou que priorizará a preservação do meio ambiente. A Li Jinfa disse que nem adianta países do oriente vir com uma “papo ou pressões” de natureza impeditiva do projeto, pois isto seria hipocrisia, pois países ocidentais consomem cerca de 40% de combustíveis fósseis no mundo e muitas delas ja tiveram acidentes, derramando petróleo no mar e destruindo a vida marinha, até mesmo humanas.



The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior