1. Início
  2. / Petróleo e Gás
  3. / Exploração da margem equatorial pode duplicar reservas de petróleo e gás do Brasil
Localização RN Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 0 comentários

Exploração da margem equatorial pode duplicar reservas de petróleo e gás do Brasil

Escrito por Corporativo
Publicado em 13/06/2024 às 21:19
Exploração da Margem Equatorial
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Região promissora pode elevar o Brasil entre os maiores produtores do mundo

A Margem Equatorial, uma região que se estende por 2.200 km ao longo da costa brasileira, do Rio Grande do Norte ao Amapá, está se destacando como uma nova e promissora fronteira para o setor de petróleo e gás. Estima-se que essa área concentre reservas bilionárias desses recursos naturais, com potencial para colocar o Brasil entre os maiores produtores do mundo.

De acordo com estudos da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), a exploração sustentável da Margem Equatorial pode duplicar as reservas de petróleo e gás do Brasil, elevando o total para mais de 30 bilhões de barris.

A Petrobras, uma das principais empresas envolvidas na exploração, destaca a necessidade de continuar ampliando as reservas, especialmente considerando que o pré-sal deve entrar em declínio na próxima década, caso não sejam feitas novas descobertas. “Considerando a produção esperada para os próximos anos, é essencial seguir investindo na maximização do fator de recuperação e principalmente na exploração de novas fronteiras, para repor as reservas de petróleo e gás”, afirmou a empresa em um comunicado divulgado no dia 26 de janeiro de 2024.

Investimentos e o plano estratégico da Petrobras

A principal aposta da Petrobras para o futuro está na Margem Equatorial. No Plano Estratégico 2024–2028, a empresa prevê investir US$ 3,1 bilhões em pesquisa de óleo e gás nessa região, com a perfuração de 16 poços durante esse período.

Para promover o debate sobre a importância de explorar as riquezas da Margem Equatorial, será realizado, entre os dias 19 a 21 de março de 2025, no Centro de Eventos do Ceará, o Oil & Gas Summit. O evento reunirá especialistas do Brasil e do exterior para discutir os desafios e oportunidades da exploração e produção de petróleo e gás na bacia sedimentar da margem.

Carlos Logulo, organizador do Oil & Gas Summit, enfatiza a relevância estratégica dessa iniciativa: “Essas cifras inseridas no projeto da Petrobras mostram que a empresa sabe da importância da exploração das riquezas encontradas na Margem Equatorial de forma estratégica.”

Oil & Gas Summit: um marco para o setor

O Oil & Gas Summit também contará com uma área de exposição, onde empresas do setor poderão apresentar seus produtos e serviços. As pré-inscrições para o evento já estão abertas, e mais informações podem ser encontradas no site oficial.

O evento, intitulado “Oil & Gas Summit: Margem Equatorial e Transição Energética”, promoverá discussões sobre novas soluções energéticas e destacará o papel da Margem Equatorial no cenário internacional. Será um catalisador de parcerias estratégicas, permitindo o desenvolvimento de inovações tecnológicas na indústria de petróleo, gás e energias, impulsionando a transição energética em direção a um futuro sustentável.

A feira internacional acontecerá entre os dias 19 a 21 de março de 2025, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, e promete ser um marco importante para o setor de petróleo e gás no Brasil.

Com essas iniciativas, o Brasil se prepara para um novo salto no setor energético, explorando de forma sustentável a Margem Equatorial e garantindo sua posição entre os grandes produtores mundiais de petróleo e gás.

Fonte:

Tobias Saldanha

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Corporativo

CPG Informes Corporativos é destinado a notícias sobre eventos, projetos e comunicados de empresas do Brasil e do mundo!

Compartilhar em aplicativos