Estudo mostra que carros elétricos custarão menos do que veículos com motor a combustão em 2027

Roberta Souza
por
-
14-05-2021 15:40:54
em Logística e Transporte
Carros elétricos – veículos - combustão Carro elétrico/ Fonte: InsideEVs UOL

Com os carros elétricos sendo mais baratos do que os veículos a combustão em 2027, além economia de combustíveis, benefícios ambientais serão gerados

O momento de popularização dos carros elétricos está se aproximando e, segundo um estudo da BNEF – Bloomberg New Energy Finance, veículos e utilitários elétricos custarão menos para construir do que carros com motor à combustão até o ano de 2027. Dependendo da categoria e do modelo, os carros elétricos poderão representar 100% das vendas de veículos novos na União Europeia (UE) até o ano de 2035. Veja ainda: Carros elétricos no Brasil: como anda o mercado em 2021

O mercado de veículos elétricos e seu crescimento nos últimos anos na UE

A UE estabeleceu metas muito rígidas para reduzir as emissões de carbono, e, com isso, pretende descarbonizar o transporte rodoviário e incentivar a produção e comercialização de veículos elétricos com uma visão ambiciosa.

No entanto, são levantadas questões no estudo sobre até que ponto as famílias comuns ou pequenas empresas serão capazes de investir na transição para veículos elétricos. Até onde sabem, esses carros elétricos ainda têm um valor superior ao dos veículos com motores a combustão, indicado dados do estudo feito pela BNEF.

As vendas de veículos elétricos aumentaram e a tendência de crescimento do setor está cada vez maior, pois, na verdade, a disposição dos países em todo o mundo (especialmente os países da UE) de atingir seus objetivos em face das mudanças climáticas e a disposição das marcas promoveram, amplamente, essa mudança dos veículos a combustão por carros elétricos.

Europa conseguirá transição de veículos a combustão por carros elétricos

A BNEF – Bloomberg New Energy Finance, analisou as oportunidades na Europa para conseguir uma transição de veículos a combustão para carros elétricos. A Foro Coches Eléctricos analisou os principais resultados deste estudo e a resposta é certa, se a Europa receber o apoio político certo, a transição é possível.

Espera-se que, no próximo ciclo de produção, os carros elétricos em todos os campos atinjam o mesmo nível que o mesmo modelo de veículos a combustão. Na verdade, o design do veículo, a produção em massa e as quedas esperadas nos preços das baterias reduzirão os preços para mais de um terço dos preços atuais já em 2025.

Nesse sentido, o contínuo desenvolvimento tecnológico relacionado às baterias reduzirá os preços e aumentará a concorrência. Com isso, os dados mostram, que entre 2020 e 2030, o preço do quilowatt-hora cairá 58%.

Preços dos carros elétricos

Segundo a ONG Transporte e Meio Ambiente, que encomendou o estudo a BNEF (Bloomberg New Energy Finance), os modelos sedãs e SUVs elétricos serão tão econômicos para fabricar quanto os veículos movidos a combustíveis fósseis a partir de 2026, e os carros pequenos a partir de 2027.

Portanto, a previsão mostra que, em média, antes mesmo da chegada de possíveis subsídios governamentais, o preço de compra dos carros elétricos ficará mais barato. Em 2026, o preço sem impostos dos veículos elétricos será igual ao preço sem impostos dos veículos a combustão interna, cerca de 19.000 euros, enquanto o preço sem impostos dos veículos elétricos será de cerca de 33.000 euros.

De acordo com este estudo, a queda nos custos de fabricação pode ser explicada pela queda nos preços das baterias e pelo desenvolvimento de linhas de produção dedicadas aos veículos elétricos.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos