MENU
Menu
Início Equinor finaliza a instalação do topside do FPSO Bacalhau, que atuará no pré-sal da Bacia de Santos, com 1º óleo previsto para 2025

Equinor finaliza a instalação do topside do FPSO Bacalhau, que atuará no pré-sal da Bacia de Santos, com 1º óleo previsto para 2025

21 de fevereiro de 2024 às 22:36
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Equinor finaliza instalação do topside no FPSO Bacalhau na Bacia de Santos, marcando um avanço na produção offshore.
Foto: Equinor

Equinor finaliza instalação do topside no FPSO Bacalhau na Bacia de Santos, marcando um avanço na produção offshore. Com tecnologia de ponta, o projeto promete será de grande importância para o setor do petróleo.

A indústria de energia está em constante evolução, e a Equinor, uma das líderes globais no setor, acaba de alcançar um marco significativo no desenvolvimento de recursos offshore. A empresa anunciou a conclusão bem-sucedida da instalação do topside do FPSO Bacalhau, uma estrutura vital para a produção de petróleo e gás na Bacia de Santos, um dos campos mais promissores do pré-sal brasileiro.

Conclusão da instalação de topsides do FPSO Bacalhau

O topside do FPSO Bacalhau é uma verdadeira façanha da engenharia moderna.

Artigos recomendados

Localizado na parte superior do casco do navio, ele é o coração do processamento offshore, onde o petróleo e o gás são separados e tratados.

Equipado com tecnologia de ponta, o topside abriga equipamentos essenciais como separadores de óleo e gás, compressores e sistemas de controle e segurança.

Essas instalações não apenas garantem a eficiência e segurança da produção, mas também são projetadas para minimizar o impacto ambiental, refletindo o compromisso da Equinor com a sustentabilidade.

O FPSO Bacalhau, liderado pela Modec, é um gigante entre os navios de sua classe.

Com a construção do casco realizada pelo estaleiro Dalian Shipbuilding Industry Co. (DSIC) na China, o navio seguiu para Singapura para a integração dos módulos no estaleiro Jurong.

O comissionamento da unidade também ocorrerá lá, preparando o FPSO para sua jornada até a Bacia de Santos.

Fonte: Equinor

Equinor espera que o primeiro óleo seja em 2025

Comissionado para iniciar a produção em 2025, o FPSO Bacalhau tem capacidade para processar impressionantes 220 mil barris por dia.

Para colocar em perspectiva, isso equivale a uma planta terrestre de processamento de óleo e gás com uma área de 10 quilômetros quadrados.

O módulo superior de tratamento de óleo e gás do FPSO Bacalhau pesa 50 mil toneladas, e a embarcação conta com até 34 mil tubos e cerca de 800 mil metros de cabos, demonstrando a magnitude deste projeto.

A operação do campo de Bacalhau é um esforço colaborativo.

A Equinor detém 40% de participação, em parceria com a ExxonMobil e a Petrogal Brasil, enquanto a Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA) gerencia o contrato de partilha.

A Modec, responsável pela engenharia, aquisição, construção e instalação do FPSO, operará a embarcação durante seu primeiro ano, após o qual a Equinor assumirá o controle total da instalação.

Este desenvolvimento é um testemunho do avanço tecnológico e da colaboração internacional na busca por soluções energéticas mais limpas e eficientes.

Com o FPSO Bacalhau, a Equinor e seus parceiros estão posicionados para desempenhar um papel crucial na indústria de óleo e gás, contribuindo significativamente para o futuro energético do Brasil e do mundo.

Fonte: Petronotícias

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x