MENU
Menu
Início Entenda como funciona o helicóptero: dos antigos brinquedos chineses até as modernas máquinas voadoras de hoje

Entenda como funciona o helicóptero: dos antigos brinquedos chineses até as modernas máquinas voadoras de hoje

14 de fevereiro de 2024 às 21:31
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Entenda como funciona o helicóptero: dos antigos brinquedos chineses até as modernas máquinas voadoras de hoje
Foto: Divulgação/helicóptero

A jornada do helicóptero desde os antigos brinquedos chineses até as modernas máquinas voadoras de hoje é uma prova do espírito inovador da humanidade.

Neste episódio especial, mergulhamos na origem e nos segredos por trás de uma das maiores inovações da engenharia aérea: o helicóptero. Este veículo aéreo não apenas revolucionou o transporte de passageiros e cargas, mas também se tornou essencial em operações de resgate e defesa nacional, graças à sua habilidade única de voo.

A evolução do helicóptero

A história do helicóptero remonta a cerca de 400 anos antes de Cristo, na China, com o brinquedo conhecido como “Libélula de Bambu”. Mas foi a genialidade de Leonardo da Vinci, por volta de 1480, que esboçou a primeira concepção de uma aeronave semelhante, apesar de não viável na prática. O termo “helicóptero”, de origem grega, sugere “asa em espiral” e reflete a essência desta invenção que evoluiu significativamente ao longo dos séculos.

Artigos recomendados

Do primeiro voo aos modelos modernos

As primeiras tentativas de criar um veículo voador controlável remontam ao início do século 20, com os irmãos Breguet e o inventor francês Paul Cornu. Embora Cornu tenha conseguido um voo modesto de 30 cm do solo, ele é frequentemente reconhecido como o inventor do helicóptero controlável. A jornada de evolução continuou com inovações significativas na Europa e nos Estados Unidos, culminando com os modelos bem-sucedidos da Sikorsky e da Bell nos anos 40.

Como funciona o helicóptero?

O princípio de funcionamento do helicóptero é fascinante. Através da rotação das pás, que empurram o ar para baixo, a aeronave é capaz de levantar voo, obedecendo à terceira lei de Newton: para toda ação, há uma reação. Equipado com controles como o Manche, o coletivo e pedais, o piloto pode manobrar o helicóptero em diversas direções, inclusive permitindo que ele permaneça parado no ar ou voe para trás.

Era dos motores a reação

A substituição dos motores a pistão pelos a reação nos anos 50 marcou o início de uma nova era para os helicópteros. O modelo Alouette 2, da Sud Aviation, foi a primeira aeronave do tipo a ser equipada com motor a jato, oferecendo desempenho superior, especialmente em altas altitudes.

Hoje, os helicópteros desempenham papéis vitais em diversas áreas, desde operações militares até resgates e combate a incêndios. No Brasil, um dos maiores mercados de helicópteros do mundo, São Paulo se destaca com a maior frota, levando a Força Aérea Brasileira a criar um controle de tráfego aéreo exclusivo para essas aeronaves. Mais do que um meio de transporte, o helicóptero é uma ferramenta que salva vidas, protege nações e abre novos horizontes para a exploração humana.

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x