Eneva mira ativos de petróleo e gás onshore da Petrobras no estado do Amazonas

Kelly
por
-
14-08-2020 09:15:53
em Petróleo, Óleo e Gás
Eneva mira ativos de petróleo e gás onshore da Petrobras no estado do Amazonas Polo de Urucu da Petrobras no Amazonas/ Imagem: Divulgação

Para ampliar seu portfólio no mercado de petróleo, a Eneva está interessada no Polo de Urucu da Petrobras e também já firmou um acordo com a Companhia de Gás Natural do Amazonas

Depois do anúncio que a Petrobras vai vender campos de petróleo e gás no Amazonas, além de unidades de processamento de gás natural (UPGNs), a Eneva se mostrou interessada na compra desses ativos, segundo informações desta quinta-feira (13).

Veja também outras notícias

A companhia integrada de petróleo e energia foi uma das habilitadas para disputar do processo de venda de participação da Petrobras no Polo Urucu, que engloba sete campos de petróleo e gás onshore localizados na Bacia do Solimões, no estado do Amazonas.

A Eneva também se habilitou para participar do arrendamento do terminal de gás natural liquefeito (GNL) da Petrobras, na Bahia. O processo de licitação da unidade de regaseificação está marcada para o fim de setembro e despertou interesse de dez grupos de investidores, nacionais e internacionais.

Segundo o diretor financeiro da companhia, Marcelo Habibe, a Eneva está de olho em todos as oportunidades que surgirem no mercado, não só da Petrobras. Entretando, de acordo com o executivo, ainda é cedo para falar, fortalecendo o interesse pelo crescimento que gere valor.

Projeto integrado de petróleo e gás da Eneva no Amazonas

A Eneva já desenvolve operações no Amazonas, através da exploração do Campo de Azulão, adquirido da Petrobras em 2017, onde executa o projeto integrado “Azulão-Jaguaritica”. O empreendimento receberá cerca de R$ 1,9 bilhão em investimentos, e o início da entrega da energia está prevista para 2021.

Nesta quarta (12), a Companhia de Gás Natural do Amazonas (Cigás) e a Eneva assinaram um contrato de compra e venda do gás natural que será produzido através do projeto “Azulão-Jaguatirica”. O gás produzido no Campo de Azulão será direcionado para a geração de energia térmica em Boa Vista (RR), na Usina Térmelétrica Jaguatirica II, operada também pela Eneva.

Tags:
Kelly
Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore. Entre em contato para sugestões de pauta, postar vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.