MENU
Menu
Início Energia Solar Ilumina a indústria do alumínio: parceria estratégica no complexo Boa Sorte

Energia Solar Ilumina a indústria do alumínio: parceria estratégica no complexo Boa Sorte

5 de abril de 2024 às 21:10
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
ATLAS RENEWABLE ENERGY
Foto: Renata Grieco

Um marco de sustentabilidade para a Albras com a Atlas Renewable Energy e Hydro REIN

No cenário energético brasileiro, uma parceria pioneira promete transformar o futuro da produção de alumínio. A Atlas Renewable Energy, referência em soluções de energia renovável na América Latina, junto com a Hydro REIN, divisão de energia renovável da gigante Hydro, marcaram o início das operações do Complexo Solar Boa Sorte, em Paracatu, Minas Gerais. Este projeto não só simboliza um grande avanço na utilização de energias limpas mas também destaca o compromisso da Albras, a maior produtora de alumínio primário do Brasil, em adotar práticas mais sustentáveis.

Com uma capacidade impressionante de 438 MW, o complexo tem a força de gerar 920 GWh por ano, potência suficiente para abastecer aproximadamente 394 mil lares. Este fornecimento de energia renovável cobrirá cerca de 12% das necessidades energéticas da Albras, sob um contrato que se estende por duas décadas, evidenciando um passo significativo em direção à sustentabilidade no setor.

Artigos recomendados

Inovação e sustentabilidade em foco

Fábio Bortoluzo, diretor da Atlas no Brasil, ressalta o projeto Boa Sorte como um marco histórico, sendo o primeiro Acordo de Compra de Energia (PPA) de geração limpa assinado com a Albras. Este empreendimento não só quebrou barreiras no financiamento de projetos renováveis com apoio do BNDES mas também reforçou o compromisso da Atlas com a entrega de projetos dentro dos prazos e orçamentos, mantendo uma taxa de conclusão de 100%.

O complexo solar, que ocupa uma área equivalente a mais de mil campos de futebol, foi construído com mais de 16 mil toneladas de estruturas metálicas e resultou em mais de 2 milhões de horas de trabalho. A adoção de tecnologias avançadas permitiu à equipe de produção da Atlas um gerenciamento integrado em tempo real, possibilitando a antecipação da operação do projeto em dois meses.

Desenvolvimento socioambiental e futuro da energia renovável

A Atlas Renewable Energy não só lidera pelo exemplo em inovação tecnológica mas também demonstra um forte compromisso com o desenvolvimento socioambiental. Cerca de 2.900 trabalhadores foram envolvidos na construção do complexo Boa Sorte, com uma notável participação feminina, refletindo os esforços da empresa em promover uma indústria mais inclusiva. Através de iniciativas como o programa “Somos parte da mesma energia”, a Atlas capacitou mulheres para funções técnicas, deixando um legado duradouro de transformação social.

A parceria estratégica entre a Atlas Renewable Energy, a Hydro REIN e a Albras destaca o potencial das energias renováveis para transformar indústrias tradicionalmente intensivas em carbono. A Albras, com o apoio dessas parcerias, avança em sua missão de produzir alumínio verde, consolidando uma estratégia de longo prazo focada na sustentabilidade e na transição energética.

Essa colaboração ilustra um modelo a ser seguido, não apenas pelo setor de alumínio mas por toda a indústria, demonstrando que é possível alcançar a excelência operacional enquanto se contribui para um futuro mais sustentável e justo. O Complexo Solar Boa Sorte, portanto, não é apenas um projeto de energia; é um farol de inovação, sustentabilidade e progresso social para o Brasil e para o mundo.

Fonte: Renata Grieco.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x