1. Início
  2. / Energia Eólica
  3. / Dinamarquesa Vestas anuncia investimento de R$ 1 bilhão para projeto de energia eólica na Paraíba com previsão de gerar 600 novos empregos
Localização PB Tempo de leitura 3 min de leitura

Dinamarquesa Vestas anuncia investimento de R$ 1 bilhão para projeto de energia eólica na Paraíba com previsão de gerar 600 novos empregos

Escrito por Valdemar Medeiros
Publicado em 28/11/2022 às 16:22
Vestas - investimentos - empregos - PB - Paraíba - Aerogeradores
Foto: Vestas/Reprodução

A Vestas, empresa dinamarquesa fabricante de aerogeradores, anunciou um novo investimento bilionário na Paraíba para um projeto de energia eólica que visa gerar 600 empregos e 252 MW de potência instalada.

No final da semana anterior, o governador da Paraíba, João Azevêdo assinou o protocolo de intenções com a empresa dinamarquesa de energia eólica Vestas, no Palácio da Redenção, localizado em João Pessoa. A empresa está desenvolvendo um projeto para a instalação de parques de energia eólica, com o intuito de levar os empreendimentos para os municípios de Araruna, Riachão, Cacimba de Dentro, Cuité e Damião. O projeto, chamado de Fragata, promete gerar cerca de 600 empregos diretos e indiretos durante a fase de construção.

Projeto de energia eólica terá capacidade para alimentar mais de 125 mil residências

A princípio, os parques de energia eólica terão uma potência instalada de 252 MW de energia elétrica. Tudo isso gerado por meio de ventos para o mercado brasileiro e capaz de abastecer o consumo de mais de 125 mil famílias.

Na ocasião, o governador destacou o potencial do estado para a geração de energia limpa e a capacidade de atrair novos investimentos. Isso tudo para gerar o desenvolvimento sustentável e preparar o estado para o futuro.

Azevêdo ressalta que a Paraíba possui uma gestão fiscal eficiente e um ambiente favorável de negócios, contando com o rating A pela Secretaria do Tesouro Nacional por dois anos consecutivos, uma localização estratégica, excelente logística de transporte, tornando possível a geração de empregos e renda e o impulsionamento da economia.

Rômulo Polari Filho, diretor presidente da Cinep, ressaltou que o estado tem se fortalecido como um grande hub de energias renováveis no Nordeste. Foi assinado mais um protocolo de intenções com foco na energia eólica com a maior fabricante de aerogeradores do mundo, um investimento estratégico para o estado, levando energia limpa e empregos para a região de Araruna, Riachão, Cacimba de Dentro, Damião e Cuité.

O presidente destaca que já possui empreendimentos de empresas de Portugal, Espanha, França, fábrica de painéis de energia solar e atrai mais desse empreendimento para seu estado.

Região possui grande potencial de recurso eólico

Segundo Jessé Bortoli, head de desenvolvimento no Brasil da Vestas Desenvolvimento SA, os fatores predominantes para a instalação do parque de energia eólica na Paraíba. A região possui um grande potencial de recurso eólico, determinante para que a Vestas realizasse esse investimento no desenvolvimento, somadas à infraestrutura logística e à mão-de-obra qualificada local disponível para atuação no projeto.

Ao mesmo tempo, Stevan RuSchel, sócio-diretor de Engenharia na Renobrax Energias Renováveis, destacou os aspectos sociais e econômicos do projeto de energia renovável. Este é um empreendimento que torna possível a geração de renda direta e indireta.

Leva um grande benefício para a população local com a ampliação no índice de participação dos municípios. Isso que aumenta a produção de riqueza e a distribuição de renda. A empresa atuará para colocar o projeto em atividade quanto antes.

Vestas abrirá centro de serviços de manutenção na Bahia

A Vestas também tem planos na Bahia, com o objetivo de construir o segundo centro de manutenção. No local está concentrada boa parte das instalações, gerando ainda mais empregos para a região. É um impacto bastante significativo, não apenas na atividade de produção de aerogeradores.

A empresa possui sua unidade em Aquiraz, entretanto também produz pás e torres por meio de parceiros com projetos, com designers que também é um vetor de geração de empregos.

A primeira turbina da empresa foi instalada em Fernando de Noronha, nos anos 2000. E mais recentemente, nos últimos doze anos, a empresa possui uma presença muito importante com investimentos e localização de tecnologia de aerogeradores. 

Valdemar Medeiros

Jornalista em formação, especialista na criação de conteúdos com foco em ações de SEO. Escreve sobre Indústria Automotiva, Energias Renováveis e Ciência e Tecnologia

Compartilhar em aplicativos