DEMISSÃO: Depressão Vs Atitude – Fazer algo abre oportunidades

DEMISSÃO: Depressão Vs Atitude

DEMISSÃO: Depressão Vs Atitude – Fazer algo abre oportunidades. Misto de frustração e dúvidas sobre a própria capacidade podem deixar o profissional inerte e, por conta disto, deixar de conseguir boas oportunidades.

Diante da atual situação econômica no nosso país não estar nada favorável e, por consequência, a geração de uma grande atmosfera negativa, estão sendo desencadeados casos de depressão pós-demissão. As oportunidades surgem de onde menos esperamos e ficar parado não é uma opção. Com esse cenário super preocupante muitas pessoas que perderam seus empregos estão apresentando problemas de saúde física e mental, comprometendo assim seu potencial e desempenho, pois, afinal de contas quem está verdadeiramente preparado para vivenciar esse tipo de desafio?

[adrotate banner=”10″]

O medo de ficar sem conseguir pagar suas contas, depender de familiares ou nunca mais se recolocar no mercado de trabalho é um sentimento comum neste contexto e contribui para o adoecimento e muitos perdem sua identidade. Fato este que afeta diretamente a autoestima, causando uma tristeza profunda, insônia, perda de apetite ou aumento do consumo de alimentos de forma compulsiva.

Em caso extremo causa o isolamento e a depressão.

O acolhimento da família e amigos é fundamental nesse processo e, muitas vezes, o acompanhamento psicológico pode ser necessário.

MEDO DO FRACASSO

Infelizmente a demissão está psicologicamente associada a um dos maiores medos que o ser humano tem na vida: o medo do fracasso e o medo da rejeição. O que tem que ser entendido é que não se pode controlar tudo na vida, às vezes ganhamos, as vezes perdemos. Claro que cada um encara esse ganho ou essa perda de forma diferente.

Portanto procure ajuda, acredite que na vida tudo tem uma saída e que um final pode sim ser um novo começo.

ACREDITE em um novo amanhã!

[adrotate banner=”11″]

Dicas de RESSIGNIFICAÇÃO:

  • Cultive um pensamento positivo;
  • Não permita que o desespero tome conta de você;
  • Aproveite esse período para se especializar, estudar, se atualizar;
  • Encare essa fase como um novo começo na sua vida;
  • Reative seus contatos, faça um bom networking. Fique atento as novas oportunidades;
  • Tire esse tempo para curtir a família, conversar com seus filhos ou velhos amigos;
  • Crie novos hábitos: como cuidar melhor da saúde, relaxar, namorar, pratique exercícios físicos.
  • Você precisa de um tempo pra você, tire esse tempo;
  • Reforce sua fé, acredite de verdade que as coisas podem mudar para melhor;
  • Fuja de qualquer vício (álcool, remédios, cigarros etc.).

[adrotate banner=”12″]

Acredite!

Você é importante e capaz. O seu sucesso depende das suas atitudes. Então, mãos a obra.

Confira também: Rio das Ostras busca diversos profissionais para trabalho offshore.

[adrotate banner=”13″]

[adrotate banner=”14″]

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior