Início Cosan avança em negociações para criação de joint venture entre Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited para a mineração de ferro

Cosan avança em negociações para criação de joint venture entre Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited para a mineração de ferro

15 de julho de 2022 às 23:13
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Ata de reunião publicada recentemente comprovou algumas mudanças realizadas pela Cosan para a criação da joint venture entre a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited, que será focada na mineração de ferro.
Fonte: Seu Dinheiro

Ata de reunião publicada recentemente comprovou algumas mudanças realizadas pela Cosan para a criação da joint venture entre a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited, que será focada na mineração de ferro.

Durante a última quinta-feira, (14/07), foi publicada uma ata de reunião pela companhia de logística e energia Cosan, que apontou algumas mudanças nas negociações para a criação da joint venture entre a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited. O empreendimento terá como foco principal a mineração de ferro no Brasil e contribuirá para o crescimento da exploração do minério no território nacional, sendo levado adiante pela empresa para novas negociações.

Ata de reunião recente aponta expansão das negociações para criação de joint venture de mineração entre a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited

A Cosan aprovou recentemente uma extensão das negociações para a criação de joint venture entre suas subsidiárias Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited, que tem como foco principal a mineração de ferro. Os dados foram divulgados em ata de reunião publicada pela empresa, ou seja, um documento com as principais informações das questões debatidas durante o encontro interno da companhia. 

Artigos recomendados

A Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited haviam assinado um memorando de entendimento durante o ano de 2021 para o desenvolvimento da joint venture, mas ainda aguardavam a movimentação da Cosan. Desde então, ambas as empresas buscam levar adiante o projeto do empreendimento de mineração de ferro no Brasil e, com a extensão das negociações da Cosan para a joint venture, o projeto pode tomar novos rumos internos na empresa. 

Entre as mudanças nas negociações realizadas pela Cosan na última reunião, de acordo com a ata publicada, a principal é a extensão por dois anos do prazo final para concluir as negociações para a formação da joint venture. Dessa forma, a mudança nas negociações determina que um acordo final agora precisaria estar em vigor até maio de 2023. 

No entanto, o documento da Cosan acabou não divulgando qual o prazo oficial para essa finalização, apenas o mês em que ela deverá ocorrer. Além disso, a ata de reunião para a joint venture entre a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited também não deixou claro qual era o prazo anterior para que a finalização das negociações acontecesse. 

Joint venture entre Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited poderá trazer novos rumos para a Cosan no ramo de mineração 

Desde que anunciou o projeto de criação da joint venture entre a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited, a Cosan afirmou pretender utilizar a sua experiência em logística para impulsionar o empreendimento. A empresa ressaltou, na época: “A JV Mineração será uma empresa integrada de mineração e logística, que possuirá, além do Porto, direitos de exploração de ativos minerários em três projetos minerais localizados no Estado do Pará, com potencial importante de reservas de minério de ferro, a serem escoados pelo Porto”.

A joint venture entre as companhias da Cosan tem previsão para iniciar suas operações no ramo da mineração já no ano de 2025, com foco na área de Parauapebas (PA), na região de Carajás, conectado ao Porto pela estrada férrea de Carajás. A empresa ainda ressaltou que o compromisso ambiental será um de seus principais focos na criação da empresa e que as operações adotarão as práticas ESG na mineração de ferro. 

E, com as mudanças nas negociações da nova empresa, a Atlântico Participações e a Bergnol Holding Limited conseguirão acelerar o processo da joint venture e começar a desenvolver os projetos para a mineração futura na região do Pará, focando nas reservas de ferro da área.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes