MENU
Menu
Início Contrato superior a US$ 750 milhões – Onesubsea e Subsea 7 fornecerão equipamentos submarinos para Equinor

Contrato superior a US$ 750 milhões – Onesubsea e Subsea 7 fornecerão equipamentos submarinos para Equinor

31/01/2020 às 10:30
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News

Mercado de óleo e gás a todo vapor! Onesubsea e Subsea 7 escolhidas pela Equinor para fornecimento de equipamentos

Ontem, dia 30 de janeiro, a gigante do petróleo norueguesa Equinor divulgou que as empresas escolhidas para o fornecimento de equipamentos chamados SURF (umbilicais submarinos, risers e flowlines), para o campo de Bacalhau, foram a Subsea 7 e Onesubsea, que juntas formaram a aliança SIA – “Subsea Integration Alliance”. Macaé conta com vagas de emprego para técnicos e aprendizes em multinacional do setor de petróleo e gás

Confira essas notícias também:

Antes dessa divulgação, a Equinor já havia anunciado a contratação da Modec para a construção do FPSO de Bacalhau.

A cifra exata referente ao valor do contrato ainda não foi divulgada. Porém, em comunicado da empresa Subsea 7, a empresa diz que se trata de um grande contrato, o que significa valores superiores a US$ 750 milhões. O FEED (Front End Engineering Design) e o pré-investimento estão iniciando, o que representa a fase de estudos técnicos para estimar o valor aproximado de projeto.

De acordo com o projeto, a SIA (Subsea 7 e Onesubsea) fornecerá aproximadamente 130 km de risers rígidos e flowlines, além dos 35 km de umbilicais. As instalações estão previstas para 2022 e 2023.

De acordo com o vice-presidente da Subsea 7 no Brasil, Marcelo Xavier, “Este contrato se baseia em nosso histórico bem-sucedido de soluções desenvolvidas para projetos em águas profundas no Brasil e demonstra nossa capacidade de maximizar o valor dos ativos por meio do engajamento precoce e de uma abordagem integrada”.

A estimativa é de que a Equinor tomará a decisão final do investimento que será utilizado na contratação do pacote SURF de Bacalhau, no final deste ano. O projeto (gerenciamento e engenharia) serão realizados no Rio de Janeiro.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR