Início Companhia ENGIE vence lote 7 do leilão de transmissão de energia renovável da Aneel

Companhia ENGIE vence lote 7 do leilão de transmissão de energia renovável da Aneel

5 de julho de 2022 às 13:00
Compartilhe
Siga-nos no Google News
vagas de emprego, Pará, Piauí
Foto: Reprodução Adobe Stock

A última semana foi bastante agradável para a companhia de energia ENGIE, uma vez que a empresa arrematou o lote 7 no leilão de transmissão de energia renovável promovido pela Aneel, superando as demais companhias participantes.

Na última quinta-feira, (30/06), aconteceu o mais recente leilão de transmissão de energia renovável, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que garantiu a vitória do lote 7 para a companhia do setor elétrico ENGIE.

Entenda como funciona o leilão e os investimentos atribuídos aos lotes disponíveis

Com os lotes recém leiloados, as empresas vencedoras devem fazer a construção e a manutenção de cerca de 5000 quilômetros de linhas, distribuídas por 13 estados brasileiros, Os 13 lotes representam 6.180 mega-volt-amperes e o investimento previsto é de R$ 15,3 bilhões.

Artigos recomendados

Além disso, as companhias vencedoras deverão concluir as obras entre 42 e 60 meses contados a partir da assinatura dos contratos, de acordo com a Aneel. O processo de escolha dos vencedores foi a menor proposta de RAP a ser paga pelo empreendimento definido. 

Ou seja, a RAP é a receita que os empreendedores e as companhias terão direito pelo fornecimento de transmissão de energia a partir da sua entrada em ações comerciais das instalações.

A maior parte dos investimentos previstos está concentrada nos três primeiros lotes, os mais disputados do dia, a grande competição foi motivo de comemoração para a Aneel. Sendo assim, dos R$ 15 bilhões iniciais, cerca de R$ 12 bilhões serão voltados para a transmissão de longo porte, conseguindo escoar energia renovável fotovoltaica.

Empresa de energia elétrica ENGIE vence o lote 7 do leilão de transmissão de energia renovável

O leilão de transmissão de energia contou com uma grande disputa das principais companhias de energia elétrica do país, entre elas estão EDP, Cemig, Neoenergia, Energisa Isa Cteep, Equatorial, Alupar, Cymi, CPFL, Engie, Sterlite, Taesa, Cobra Brasil, Zopone Engenharia, Eletronorte e Eletrosul, da Eletrobras.

Nesse sentido, o Consórcio ENGIE de Transmissão arrematou o lote número 7, com um valor de RAP ofertado de R$ 6,5 milhões e um deságio de 59,9% em relação ao valor inicial definido pela agência. O Consórcio ENGIE de Transmissão ultrapassou propostas de empresas como a Taesa R$ 6,8 milhões e Consórcio Olympus XII, de R$ 11,5milhões e Eletronorte, de R$ 9,365 milhões.  

O lote arrematado pela empresa é constituído pela ampliação da subestação Itacaiúnas, com a construção de um pátio novo e com a adição de 450 mega-volt-amperes (MVA) de volume de potência. Além disso, o novo empreendimento, com localização em Marabá (PA), será importante para o atendimento do crescimento de carga na região sudeste do Brasil.

O Consórcio ENGIE relatou também que possui uma expectativa de redução superior a 20% no capex, e antecipação de cerca de 18 meses no empreendimento feito. A companhia também destacou, em comunicado, que a conclusão do leilão segue uma estratégia rigorosa da empresa de diversificação e crescimento sustentável.

Conheça um pouco mais sobre a empresa de transmissão ENGIE

O Consórcio ENGIE de Transmissão, é a maior empresa de energia privada do Brasil, atua fazendo a geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, além do transporte de gás e soluções energéticas. A companhia também possui 97% de sua capacidade proveniente de fontes exclusivamente renováveis e com baixas emissões de gases.

A ENGIE também detém a mais extensa malha de transporte de gás natural do Brasil, atravessando 10 estados e 191 municípios e com 4.500 km de extensão, concluída em 2020 apenas.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes