MENU
Menu
Início Citroën revoluciona o mercado automotivo e lança carro popular baratinho para quem tem o sonho de dirigir mas não tem habilitação (CNH)

Citroën revoluciona o mercado automotivo e lança carro popular baratinho para quem tem o sonho de dirigir mas não tem habilitação (CNH)

3 de abril de 2024 às 16:52
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Citroën revoluciona o mercado automotivo e lança carro popular baratinho para quem tem o sonho de dirigir mas não tem habilitação (CNH)
R$ 37 mil (€6.000) e nem precisa de CNH! Rival da Volkswagen chega com os dois pés na porta, com o lançamento do carro baratinho para quem não tem habilitação

R$ 37 mil (€6.000) e nem precisa de CNH! Rival da Volkswagen chega com os dois pés na porta, com o lançamento do carro baratinho para quem não tem habilitação

Dirigir sem a necessidade de uma carteira de motorista? A Citroën torna isso possível com o lançamento do Ami, um veículo elétrico que redefine as expectativas de mobilidade urbana. Compacto, econômico e acessível, este carro está prestes a criar ondas no mercado automobilístico, desafiando até mesmo gigantes estabelecidos como a Volkswagen.

A chegada do Citroën Ami ao mercado europeu marca um ponto de revolução na indústria automotiva. Com um preço que gira em torno de €6.000 a €7.000, aproximadamente R$37 mil, o Ami não é apenas uma opção econômica; é uma solução inovadora para a mobilidade urbana.

Artigos recomendados

Citroën Ami por R$ 37 mil e sem CNH!

Ami oferece compartilhamento de carro através de aplicativo

Seu design compacto não compromete a eficiência, oferecendo uma autonomia de até 70 km e uma velocidade máxima de 45 km/h, ideal para o trânsito do dia a dia.

Além disso, a Citroën apresenta modalidades flexíveis de uso, como leasing e compartilhamento por aplicativo, garantindo que o Ami seja uma opção viável para uma variedade de consumidores.

Sucesso do Ami sinaliza um futuro promissor para essa inovação no Brasil.

Porém, o aspecto mais revolucionário do Citroën Ami talvez seja a possibilidade de dirigir sem uma CNH em vários países, uma novidade que promete democratizar ainda mais o acesso à mobilidade pessoal.

Mesmo que ainda não esteja disponível no mercado brasileiro, o sucesso do Ami na Europa – com vendas expressivas na Alemanha, Espanha, Itália e Portugal – sinaliza um futuro promissor para essa inovação no Brasil.

Montadora estabeleceu sua presença no Brasil em 1991

A Citroën estabeleceu sua presença no Brasil em 1991, marcando o início de uma jornada inovadora no mercado automotivo brasileiro. Com um compromisso firme em combinar tecnologia de ponta, design diferenciado e criatividade, a marca francesa rapidamente se destacou por seus modelos únicos e soluções de mobilidade adaptadas às necessidades dos consumidores locais.

Através de uma filosofia que valoriza tanto a inovação quanto o conforto dos passageiros, a Citroën consolidou sua reputação como uma fabricante que não apenas vende carros, mas oferece experiências de condução excepcionais, contribuindo significativamente para a evolução do cenário automobilístico no Brasil.

5 5 Votos
Avalie o Artigo

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
1 Comentário
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Ailton
Ailton
Visitante
8 de abril de 2024 19:04
Legal.. ideal também para ambientes internos, como pateos de empresas, shoppings centers, congressos etc..
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
1
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x