MENU
Menu
Início Chegada da unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) Energos Celsius para o terminal de GNL de Barcarena

Chegada da unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) Energos Celsius para o terminal de GNL de Barcarena

22/12/2023 às 10:05
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
unidade flutuante, terminal flutuante, unidade de armazenamento e regaseificação
Nova unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) Energos Celsius chega ao terminal de GNL de Barcarena – FOTO: ©2023 OFF Shore Energy

A Seatrium entregou a unidade flutuante FSRU Energos Celsius à New Fortress Energy para o projeto de regaseificação do terminal de GNL em Barcarena, Brasil.

A empresa Seatrium de Cingapura concluiu a entrega da unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) Energos Celsius para a New Fortress Energy (NFE) nos Estados Unidos. A unidade será implantada no terminal de GNL recém-construído da NFE em Barcarena, Brasil.

Este é o quarto projeto de FSRU da Seatrium para o Brasil, demonstrando o compromisso contínuo da empresa em apoiar o desenvolvimento e crescimento da indústria de petróleo e gás do país. A unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) será uma adição importante para a infraestrutura de energia do Brasil.

Artigos recomendados

Desenvolvimento da FSRU e Terminal Flutuante de GNL

A unidade flutuante, terminal flutuante, ou FSRU, conforme mencionado acima, faz parte do desenvolvimento do terminal de importação de GNL da NFE em Barcarena. Este terminal terá uma capacidade nominal de regaseificação de 750 a 1.000 milhões de pés cúbicos padrão por dia. Além disso, inclui um contrato de gás de longo prazo para fornecer a Norsk Hydro na refinaria de alumina Alunorte, bem como um projeto de gás para energia de 630 MW em construção pela NFE e outros projeto de expansão de energia e combustíveis na região.

Financiamento Baseado em Ativos para Projeto de Regaseificação

Em novembro de 2023, a NFE celebrou acordos definitivos com o banco de desenvolvimento brasileiro Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e fundos administrados pela Lumina Capital Management e BTG Asset Management para financiar até US$ 575 milhões em financiamento baseado em ativos para concluir a construção de sua usina de Barcarena, de 630 MW. Esta planta, localizada ao lado do terminal de importação de GNL da NFE, está programada para iniciar as operações no terceiro trimestre de 2025 sob um contrato de compra de energia (PPA) de 25 anos com várias empresas de distribuição de eletricidade no Brasil.

Desenvolvimentos Adicionais da New Fortress Energy

Além disso, a NFE revelou que a construção do seu terminal de Santa Catarina (TGS) no Brasil está concluída, e a empresa aguarda com expectativa a chegada da unidade flutuante de armazenamento e regaseificação (FSRU) Energos Winter em janeiro 2024. Este terminal de importação de GNL é considerado a primeira instalação de importação de GNL no estado do Pará e na região Norte do Brasil. Este é um marco importante no projeto da NFE e mostra o comprometimento da empresa com o desenvolvimento de projetos de gás e energia na região, garantindo um suprimento confiável de gás natural para a refinaria de alumina Alunorte e outros projetos de expansão de energia e combustíveis na região Norte do Brasil.

Fonte: © OFF Shore Energy

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x