MENU
Menu
Início Chega ao mercado o tão aguardado Corolla elétrico com preço equivalente a R$ 112 mil e autonomia de 616 km

Chega ao mercado o tão aguardado Corolla elétrico com preço equivalente a R$ 112 mil e autonomia de 616 km

30/04/2023 às 07:59
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Chega ao mercado o tão aguardado Corolla elétrico, equipado com motor e baterias da BYD, com preço equivalente a R$ 112 mil 
Foto: Toyota/Divulgação

Toyota traz ao mercado chinês o seu mais novo Corolla elétrico. O modelo que custa R$ 112 mil chega ao mercado equipado com bateria da BYD capaz de entregar autonomia de até 616 km.

O novo Toyota bZ3, modelo produzido pela joint venture FAW-Toyota, começou a ser comercializado na China para os primeiros clientes. O sedã elétrico, que utiliza bateria da BYD com porte pouco maior que o Corolla, foi lançado no dia 16 deste mês e é o segundo modelo da linha bZ e é voltado ao mercado da China, ao menos neste primeiro momento.

Corolla elétrico custa R$ 112.800

Sendo um sucesso já em sua estreia, o Corolla elétrico contou com mais de 5 mil pedidos apenas nas primeiras 24 horas de pré venda. O modelo já pode ser comprado em três versões de acabamento, com valores que podem chegar a 169.800 yuans, o que em conversão direta daria R$ 123.700 em uma conversão direta.

Artigos recomendados

No entanto, os clientes que comprarem o modelo até o dia 31 de julho, contarão com um desconto de 15 mil yuans, o equivalente a R$ 10.800, desta forma, o preço final cai para 154.800 yuans, o equivalente a R$ 112.800, valor de um modelo compacto no país.

TOYOTA LANÇANDO PRIMEIRO “COROLLA” 100% ELÉTRICO !!!

O bZ3 tem como base a plataforma de carros elétricos da montadora japonesa e é produzido pela joint venture da Toyota com a empresa estatal FAW. Um grande destaque no desenvolvimento do Corolla Elétrico, é a parceria e uso de uma bateria da BYD.

A chinesa forneceu sua bateria Blade para o sedan elétrico. O Toyota bZ3 mede 4,72 metros de comprimento, aproximadamente 9 cm a mais que o Corolla, e conta com 2,88 metros de entre-eixos. Ele conta com o formato de design “tubarão martelo” da linha Toyota bZ, mas há um estilo bem diferente do que o público está acostumado a ver nos outros modelos da Toyota.

Bateria da BYD recarrega de 30 a 80% em meia hora

O Corolla Elétrico pode ser comercializado em três versões, sendo ela a Elite Pro, que oferece uma autonomia de 517 km, um motor de 130 kW por um valor de R$ 121.700. As versões Long Range Pro e Long Range Premium oferecem um alcance CLTC de 616 km e um motor de 180 kW por valores de R$ 136.100 e R$ 143.200 respectivamente. Além disso, o Corolla elétrico suporta carregamento rápido, onde a bateria da BYD recarrega de 30% a 80% em apenas 27 minutos com carga rápida em corrente direta.

O novo modelo está sendo produzido na nova fábrica da FAW-Toyota em Tianjin, que é uma cidade portuária importante na China e localizada a aproximadamente quatro horas a sudeste de Pequim. Esta unidade de produção conta com 1,97 milhão de metros quadrados, e sua construção teve início em junho de 2020. Foi inaugurada oficialmente em outubro do último ano e possui capacidade para a produção de 200 mil carros por ano.

Corolla elétrico pode vir ao Brasil?

O lançamento do novo modelo na China compõe uma estratégia da Toyota de se tornar líder no mercado de carros elétricos. A companhia já anunciou seus planos de lançar aproximadamente 15 novos modelos elétricos no mundo inteiro até 2025, incluindo sete modelos da linha bZ.

A Toyota também está realizando investimentos em tecnologias de baterias de próxima geração, como os componentes de estado sólido, que prometem ampliar de forma significativa a eficiência e o desempenho dos carros elétricos. 

No Brasil, a expectativa é que não vejamos o Corolla elétrico tão cedo, até mesmo porque o modelo foi desenvolvido com foco no mercado chinês. Com isso, a montadora possui estratégias diferentes de eletrificação para cada região.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR