Bram Offshore fecha agosto com 51 navios e lidera ranking de frota de apoio marítimo brasileiro

Kelly
por
-
25-09-2020 14:04:42
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Bram Offshore fecha agosto com 51 navios e lidera ranking de frota de apoio marítimo brasileiro Bram offshore frota de apoio marítimo/Imagem: Divulgação

De acordo com relatório da Abeam, dos 364 navios de apoio marítimo offshore no país, 326 são de bandeira brasileira e 38 de bandeira estrangeira

Ao final de agosto, a Bram Offshore alcançou a marca de 51 embarcações de apoio marítimo, seguida pela companhia CBO, com 31 navios, e pela Starnav, também com 31 unidades. A Bram Offshore Transportes Marítimos é uma empresa do Grupo Edison Chouest Offshore especializada no transporte marítimo de apoio à indústria de petróleo e gás no Brasil.

Veja também

Os dados da Abeam (Associação Brasileira de Empresas de Apoio Marítimo) apontam que 90% da frota no Brasil engloba embarcações nacionais. Dos 364 navios de apoio marítimo totais no país, 326 são de bandeira brasileira e 38 de bandeira estrangeira.

Segundo relatório da associação, 48% dessas embarcações são PSVs e OSRVs, totalizando 174 navios, enquanto que 19% são LH e SVs, o que corresponde a 69 unidades. Os AHTS somaram 45 barcos em agosto, enquanto 24 navios de apoio eram FSVs e crew boats, seguida de 17 PLSVs e 13 RSVs.

A Abeam, entidade finalidade principal contribuir para o desenvolvimento brasileiro do setor de apoio marítimo e às atividades de produção e exploração de petróleo e minerais na plataforma continental brasileira, esclarece que nem todas embarcações da frota brasileira estão em operação, com cerca de 70 unidades que aguardam contratação.

As empresas associadas à Abeam apuraram receita de aproximadamente US$ 2,7 bilhões em 2018 referente às taxas de afretamento junto à Petrobras e demais operadoras, segundo a revista Portos e Navios.

Saiba quais são os principais tipos de navios de apoio marítimo e offshore:

  • AHTS (Anchor Handling and Tug Supply): Embarcações de elevada potência que atuam como rebocador, manuseio de âncoras e transporte de suprimentos.
  • PSV (Platform Supply Vessel): Utilizadas para transporte de suprimentos.
  • SV (Mini Suplly Vessel): Mini supridores às plataformas de petróleo.
  • FSV (Fast Suplly Vessel): Supridores de cargas rápidas.
  • OSRV (Oil Spill Response Vessel): Utilizadas para combate a derramamento de óleo.
  • RSV (Remotely Support Vessel): Embarcações equipadas com veículos de operação remota (Remotely Operated Vehicle – ROV).
  • RV (Research Vessel): Embarcações de Pesquisa.
  • DSV (Diving Support Vessel): Embarcações para suporte e apoio ao mergulho.
  • WSV (Well Stimulation Vessel): Empregadas para estimulação de poços de petróleo.
  • PLSV (Pipe Laying Support Vessel): Embarcação complexa e altamente especializada, dotada de equipamentos/sistemas sofisticados e de elevado valor, é usada para construção e lançamento de linhas rígidas e flexíveis.

Tags:
Kelly
Engenheira de Petróleo especialista em Eficiência Energética e pós-graduada em Engenharia Civil; Possui experiência em atividades na indústria petrolífera onshore. Entre em contato para sugestões de pauta, postar vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.
fwefwefwefwefwe