Boatos de greve dos caminhoneiros esta semana obriga o governo acelerar aprovação do subsídio do diesel

greve dos caminhoneiros governo diesel
 

Depois que a Petrobras anunciou esta semana uma alta no preço do diesel nas refinarias, rumores de novas paralisações dos caminhoneiros deixa o senado apreensivo

Com a potencial nova greve dos caminhoneiros, senado aprova a medida provisória para continuar com o desconto do diesel, e foi aprovado hoje (5). Permanecerá do desconto sobre o diesel até o último dia de dezembro, restando apenas à assinatura do texto pelo presidente Michel Temer. Como neste refere-se a medida provisória, o texto já está em vigor, faltando apenas um alinhamento entre a Câmara e o Senado para manter-se em vigor.

Na medida deliberada, a cada 1 litro de diesel, o governo subsidiará R$ 0,30 dos cofres públicos, ou seja, de uma forma ou de outra o valor sairá do contribuinte e custara cerca de R$ 9,5 bilhões. A intenção da medida é diminuir o valor do diesel nos postos de abastecimento.

Em meio a um novo rumor de paralisação da categoria, o governo e o Congresso correram para aprovar nesta semana a medida, que perderia a validade em 10 de outubro. Com atividades paralisadas há quase um mês, por conta da campanha eleitoral, Câmara e Senado retomaram os trabalhos nesta semana para a votação de projetos.

Como as sessões do plenários foram foram interrompidas de vido a campanha eleitoral, as atividades de votação para este projeto específico tiveram que ser retomadas as pressas, mas depois da deliberação deste projeto, voltaram a ser paralisadas e só retornarão no dia 9 de outubro, depois do primeiro turno das eleições. Vale ressaltar que o Diesel marítimo não está incluso no desconto, o que provocou interpretações equivocadas na últimos MP sobre esta cláusula.

ANP divulga a lista de empresas aprovadas para participação na 5 ª Rodada de Partilha de Produção

The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior