Boas notícias, a Shell contrata navio da Queiroz Galvão

Shell Contrata Navio da Queiroz Galvão

Boas notícias! A Shell contrata navio da Queiroz Galvão. Isto mostra que o mercado de óleo e gás está voltando a aquecer.

A Shell, multinacional petrolífera anglo-holandesa, contratou a unidade marítima, navio-sonda, Brava Star, da empresa Queiroz Galvão Óleo & Gás. O contrato foi acertado para perfuração de quatro poços localizados na Bacia de Santos, nos ativos de Alto de Cabo Frio Oeste e Sul Gato do Mato, onde ambos foram concedidos nos leilões de partilha. Com prazo de um ano o contrato tem início de sua operação em 2019 com diária abaixo de 130 mil dólares, segundo apurações.

Assinado no final de semana que passou, o contrato entre a Shell e a Queiroz Galvão tem como perspectiva a perfuração de um poço exploratório em Alto de Cabo Frio Oeste, Sul Gato do Mato e dois poços de estimulação na área do BC-10. A estratégia de preço ainda mais baixo que o praticado no mercado foi motivada diante da situação de que a Brava Star ficará ociosa a partir de agosto, onde irá terminar  o contrato de afretamento com a estatal brasileira Petrobras. Tal contrato estava em vigor desde 2015. O preço abaixo do mercado surpreendeu a todos e conseguiu vencer gigantes como A Seadrill.

Mesmo com um valor relativamente baixo, tal contrato assegura um ganho estratégico importante à Queiroz Galvão que é ter em carteira um contrato de afretamento com uma IOC, mesmo que a margem de lucro seja bem baixa. Por sua vez a Shell assegura o afretamento de uma unidade com conteúdo local mais alto.Até o final de 2018 a Queiroz estará teminando o contrato com mais duas unidades, sendo o total de 5 contratos chegando ao fim este ano.

Leia também:

Shell contrata sonda da Queiroz Galvão
Shell contrata sonda da Queiroz Galvão

Quer trabalhar em grandes empresas multinacionais em 2019?

Fazer Curso de Inglês - Se você já é profissional do setor, com curso técnico ou superior, você deve fazer o Curso de Inglês para Iniciantes Clicando aqui. Muitas multinacionais enfrentam o problema de não terem profissionais que não dominam esta idioma, obrigado as a contratarem de outros países e desvalorizando a mão de obra nacional.

Trabalhar Embarcado sem Técnico ou Superior- Se você não tem qualificação alguma mas sonha em trabalhar na Marinha Mercante, é totalmente possível adquirindo o Método 4 Passos Para Trabalhar Embarcado Acessando o Curso Aqui.
The following two tabs change content below.
Paulo Nogueira
Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, já atuei em empresas do ramo de energia, óleo e gás como técnico de operações, Pressure Downrole Gauge Operator e em plataformas de completação do Brasil e exterior